Publicado em 12/12/2013 ás 04h24 atualizado em 12/12/2013 ás 05h13

Como vai seu orçamento?

...
Creditos: Jornal NovoNegocião

O ano novo já começou, o carnaval já acabou e já estamos na quaresma, veja só como o tempo passa rápido, daqui a pouco estaremos comemorando a Páscoa, momento que nos chama novamente ás compras. Mas é necessário nos organizarmos, e rápido, para não perder a linha e viver um ano economicamente equilibrado desde o início. 

Em tempos apertados, como são agora para muitos brasileiros, é imprescindível ter sempre em mãos uma planilha que nos permita visualizar de um lado o quanto você ganha e do outro a lista detalhada de suas despesas como conta de água, luz, telefone, condomínio, compras do supermercado. Não esquecendo de poupar ao menos um pouquinho por mês, para os imprevistos, como conserto de carro, consulta médica, remédios extras. Assim você estará dando um grande passo na direção de manter seu orçamento saudável e assim afastando-se do problema do endividamento.

Decida o que você realmente quer, quais seus objetivos para este ano. A maioria das pessoas consegue cortar 10% de seus gastos em 10 minutos. Faça uma lista das suas principais categorias de despesas, tais como alimentação e pagamentos de empréstimo e então tente adivinhar qual a percentagem vai para cada categoria. Faça uma segunda lista com o que você deseja que essas percentagens venham a ser e, em seguida, faça uma terceira lista descrevendo o que eles realmente são. Se a realidade não corresponder ao seu ideal, ajuste seus gastos.

Para economizar você pode, ao invés de ir ao cinema, alugar um filme e convidar amigos para assistir com você.

Beba em casa. Seja qual for sua bebida preferida, ela é muito mais barata quando consumida no conforto da sua própria casa. Ir a um bar com amigos pode facilmente custar uns R$ 50. Em vez disso, compre um engradado de cerveja e vá para a casa de amigos. A interação social vai deixá-lo animado e você não terá que arcar com aquele pesado cartão de consumação.

Pode aprender a cozinhar e economizar com os restaurantes ou marmitex. Se você fizer o jantar em casa, pode levar o que sobrou para o trabalho no dia seguinte ou gastar alguns minutos para embalar um sanduíche. Se as manhãs são sempre apressadas, tente fazer o sanduíche à noite antes de dormir. E quando for ao mercado fazer compras, leve sua lista de compras e faça um lanche antes de sair de casa. Isso evita que você vá ao mercado com fome e faça compras de alimentos por impulso.

Se é adepto a uma boa leitura, use a biblioteca. Seu uso está incluído nos impostos que você paga; aproveite os livros gratuitos.

Use sua poupança. Se você se apertou e fez poupança por uns três ou seis meses para ter uma reserva de emergência no caso de ser forçado a apertar seu orçamento em função de uma perda de emprego ou outro evento infeliz, agora é a hora de usá-la. Em tempos apertados, o dinheiro pode ser usado para pagar as contas mensais e até mesmo para alguns pequenos caprichos.

 

Descubra seus gastos invisíveis - Porém se nem assim sua situação financeira se equilibrar, é provável que um fator esteja passando despercebido pelo seu controle: os gastos invisíveis!

Sabe aquele cafezinho no início do dia, o chocolate depois do almoço, o sorvete do final da tarde... São alguns hábitos, pequenas despesas, que fazem grandes estragos ao bolso no final do mês, se não forem computadas junto com seu planejamento.

Experimente e veja o resultado: identifique algum gasto que lhe pareça pequeno, mas que seja habitual. Usando os exemplos acima, some a despesa diária daquele cafezinho ou do chocolate após o almoço. Suponhamos que faça um revezamento entre um e outro para que a hora da refeição não caia na rotina, que eles custem, em média, R$ 2,50 cada. Ao final do mês, a despesa será de R$ 75,00 e, no ano, o gasto não previsto pode superar R$ 900! Dá para imaginar quanto você gasta por mês, e por ano, com despesas que poderiam ser cortadas ou, ao menos, reduzidas?

Procure estimar seus gastos invisíveis e coloque esse total em sua planilha de orçamento. Você não precisa ter um valor exato, apenas algo aproximado da realidade, que lhe permita prever melhor suas despesas.

Os planejadores financeiros costumam incluir também, na lista de gastos invisíveis, o valor referente às multas e aos juros por atraso no pagamento de algumas contas. 

As despesas sazonais (aquelas que aparecem apenas em determinadas épocas do ano) também devem entrar no campo dos “invisíveis”. São os presentes no dia dos Namorados, dia das Crianças, aniversário dos familiares, por exemplo, entre tantos outros.

Lembre-se: tudo é uma questão de organização e planejamento. Cuide sempre da sua saúde financeira. Seu bolso agradece!

 

  • MICRO-ONDAS

    R$ 150
  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • SOL

    R$ 200.000
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • LOTEAMENTO LAGO AZUL

    R$ 750.000
  • CORSA 04

    R$ 13.700
  • HELENA BRAZ VENDRAMINI

    R$ 150.000
  • VILLE DE FRANCE I

    R$ 140.000
  • UNO 11

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081