Publicado em 13/07/2017 ás 02h29

Guarda Municipal é necessária, mas quem irá pagar a conta?, diz o advogado Dr. Roberto Carrasco.

Em entrevista exclusiva para o Jornal Negocião, Dr. Roberto Carrasco, presidente da OAB, SubSede Ourinhos, fala sobre a atual situação da segurança pública no município e propõe soluções
Creditos: Alexandre Mansinho

Alexandre Mansinho

Números da Secretaria de Segurança Pública mostram um aumento dos furtos e roubos em Ourinhos – paralelamente temos a diminuição dos efetivos das polícias civil e militar e, consequentemente, temos também o aumento do “tempo de resposta” dessas forças policiais às ocorrências. 

Segundo Carrasco, nenhuma solução possível deve vir antes de um grande debate envolvendo a sociedade ourinhense: “há várias propostas de enfrentamento do problema, mas, independentemente de qual proposta iremos pôr em prática, é indispensável que possamos ouvir a sociedade – assim como vai haver uma audiência pública sobre a lei municipal de cotas, precisamos ter uma audiência pública sobre a questão da violência (...) há quem fale na criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e, subsidiada a ela, a criação de uma Guarda Municipal – isso seria ótimo... mas quem pagará a conta?”.

  • FORNO

    R$ 3.000
  • GOL 12

    Sob consulta
  • MB 76

    Sob consulta
  • NISSAN 15

    Sob consulta
  • CENTRO

    R$ 700
  • VAN 08

    R$ 38.000
  • DOBLO 09

    Sob consulta
  • GOL 14

    R$ 28.500
  • SUZUKI

    R$ 900 + doc
  • MÁQ. COSTURA

    R$ 380

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600