Publicado em 14/11/2017 ás 08h29

Caso Bryan: Promotor desconsidera nova perícia e mantém denúncia de homicídio doloso

O advogado de defesa de Isidoro sustenta que a nova perícia respeitou todas as normas técnicas
Creditos: Arquivo pessoal

Alexandre Mansinho

Com exclusividade para o Jornal Negocião, Dr Sílvio Brandini revela que nova perícia, que supostamente inocentaria o soldado Luís Paulo Isidoro do disparo que matou o jovem Bryan, não tem relevância por, segundo ele, não ter sido feita em condições adequadas.

Dr. Osny, advogado de defesa de Isidoro, sustenta que a nova perícia foi realizada respeitando todas as normas técnicas que, segundo o defensor, simularam com exatidão uma situação real de uso.

Conforme noticiado pelo Negocião, a pedido da defesa, foi feita uma nova perícia na arma com a qual o soldado Isidoro teria dado o tiro fatal em Bryan. O resultado dessa nova perícia contrariou a primeira perícia feita pelo setor técnico da Polícia Militar - de acordo com a primeira perícia a arma estaria em perfeito estado e o disparo não fora acidental.

RELEMBRE O CASO: Durante a FAPI de 2016, o jovem Bryan, juntamente com outros quatro amigos, foram abordados pela Polícia Militar na Avenida Jacinto Sá, ao lado do recinto no qual a feira estava sendo realizada. Ao abordar os jovens, o soldado Isidoro apontou a arma para Bryan, aparentemente sem nenhum motivo, e realizou um disparo.

  • NISSAN 16

    Sob consulta
  • CENTRO

    R$ 700
  • GOL 14

    R$ 26.990
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • CALOPSITAS

    Sob consulta
  • TOYOTA 12

    R$ 45.000
  • BERNARDINO CAMPOS

    R$ 180.000
  • BANCOS

    R$ 100
  • IPHONE 5S

    R$ 950
  • PRÉDIO COMERCIAL

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081