Publicado em 04/12/2017 ás 12h42 atualizado em 04/12/2017 ás 02h02

Câmara deve votar hoje Projeto de modernização da Zona Azul - COM VIDEOS

O projeto causou polêmica nas redes sociais por uma possível extinção da Guarda Mirim em Ourinhos
Creditos: Divulgação

Hernani Corrêa

A Câmara Municipal de Ourinhos deve votar hoje, 04/12, o Projeto de Lei Complementar nº 39/2017 da Prefeitura Municipal de Ourinhos, que visa a modernização da cobrança da Zona Azul na cidade. Segundo consta no site do Legislativo o projeto dispõe sobre a modernização e outorga de concessão do Sistema de Estacionamento Rotativo “Zona Azul”.

Sendo aprovado, o Executivo Municipal fica autorizado a outorgar, mediante licitação, a concessão para a exploração do estacionamento rotativo “Zona Azul”. Ou seja, a Associação Mirim que hoje é responsável por este serviço, não deverá mais executá-lo.

Pela nova lei, na licitação deverão ser considerados a qualidade técnica do sistema de exploração e dos equipamentos apresentados, o valor da tarifa, entre outros. A concessionária que poderá explorar o serviço por até 30 anos, ainda será incumbida de fornecer, instalar e conservar os equipamentos, sem ônus para a prefeitura.

Os recursos do novo sistema deverão ser aplicados na sinalização de vias e os veículos estacionados não terão qualquer tipo de seguro contra acidentes, roubos, furtos ou prejuízos de qualquer natureza.

POLÊMICA – Tão logo a população foi avisada da votação da lei, grupos de pais dos menores que trabalham na Zona Azul pela AMO/SIM - Associação Mirim de Ourinhos e Serviço de Integração de Meninas - estão se organizando para lotar o plenário da Câmara e protestar contra a aprovação da nova lei. Segundo eles, a renda obtida por esses mais de 100 adolescentes que hoje trabalham, faria muita falta em seus orçamentos.

Autoridades e populares também se manifestaram pelas redes sociais no final de semana em discursos inflamados. Alguns até apelam para que os vereadores não deixem seus nomes sujarem no futuro ao serem responsáveis pelo início do fim da Guarda Mirim em Ourinhos, entidade que presta serviço há mais de 50 anos em Ourinhos.

AMO/SIM – Em carta aberta à população, através de sua diretoria, a entidade alertou que o fim da Zona Azul acarretará na demissão de mais de 100 adolescentes e pede que a prefeitura tome providências para amparar estes jovens.

Ainda, segundo a carta, a AMO/SIM apelou ao poder legislativo sem êxito e a prefeitura informou que não concorda com o sistema de cobrança e nem com as condições impróprias de trabalho dos jovens. A entidade reclama que o prefeito Lucas Pocay prometeu em setembro criar uma comissão que discutiria o novo projeto da nova Zona Azul, mas que não teve nenhuma participação, pois não foi convidada para uma reunião sequer. “Não temos garantias em lei do “subsidio” que a prefeitura reitera que enviará à entidade”, diz a nota.

A AMO/SIM também tentou apelar à Câmara Municipal no sentido de que a prefeitura aumentasse o número de jovens que hoje prestam serviços ao executivo (em torno de 30). Mas também não obteve sucesso nessa solicitação.

Finalizando, garante que não cessará os serviços hoje prestados, caso a nova lei seja aprovada, mas terá que desligar 100 adolescentes e mais 10 funcionários relacionados à Zona Azul, além de interromper o curso de formação de 200 adolescentes.

DEPUTADO FEDERAL SE MANIFESTA – O deputado federal Capitão Augusto se manifestou nas redes sociais e prometeu enviar mensagem um a um a todos os vereadores. “É o princípio do fim da Guarda Mirim, já vão iniciar com mais de 100 demitidos, é um recurso que fará muita falta à instituição. Está nas mãos dos vereadores e faço um pedido individual a cada um deles: não manchem suas biografias políticas aprovando isso, todo mundo sabe que a Guarda Mirim é um xodó de Ourinhos, todo mundo gosta, mais de 20.000 pessoas já passaram por lá”.

O deputado cita em seu depoimento vereador por vereador, apela por seus princípios religiosos, éticos, de imparcialidade, políticos, partidários e lembra a importância a Guarda Mirim para a segurança na cidade. “Que eles adiem votação, pensem melhor, o Alexandre Zóio, presidente, tem essa prerrogativa. Que reflitam melhor, toda a cidade está contra, que criem comissões, isto não precisa ser votado assim, em regime de urgência”, finalizou o deputado. 

Assista trecho do vídeo no final desta matéria.

O QUE DIZ O PREFEITO – Provocado pela avalanche de críticas tanto de populares quanto de autoridades pelas redes sociais, o prefeito Lucas Pocay também se manifestou: “Está tendo muita distorção, boatos, inverdades e fofocas. Várias outras cidades maiores já utilizam de tecnologia para explorar este serviço. A Zona Azul Digital será um aplicativo que todos poderão baixar e fazer o pagamento através do seu celular, teremos pessoas que auxiliarão aqueles que tiverem dificuldades e o valor será o mesmo. Temos um olhar diferenciado pelos jovens e sabemos que temos muitas outras maneiras de encaminhar eles ao mercado de trabalho do que ficar vendendo talãozinho na rua. Nós vamos ajuda-los nesse sentido”. 

Assista trecho do vídeo no final desta matéria.

CÂMARA MUNICIPAL – Alexandre Araújo Dauge (Zóio), presidente da Câmara, também se manifestou nas redes sociais: “Essas publicações são mentirosas dizendo que os vereadores vão decidir sobre o fim da entidade. Estão fazendo terrorismo com os jovens e familiares da guarda mirim. O projeto não fala em extinguir a guarda mirim e sim, autorizar o executivo em fazer a zona azul digital e não vai para votação segunda feira. Vai haver licitação, todos poderão participar para tomar conta da zona azul digital”.

  • NISSAN 16

    Sob consulta
  • CENTRO

    R$ 700
  • FOX 15

    R$ 40.800
  • BEBÊ CONFORTO

    R$ 80
  • GOL 14

    R$ 26.990
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • CALOPSITAS

    R$ 100
  • STOS DUMONT

    R$ 450
  • TOYOTA 12

    R$ 45.000
  • BERNARDINO CAMPOS

    R$ 180.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081