Publicado em 30/12/2017 ás 09h47 atualizado em 30/12/2017 ás 09h49

Afinal, por quê comemorar o Ano Novo?

Um simples ritual? Tradição? Final de um ciclo? Chance de recomeçar?
Creditos: Imagem da Internet

Marcília Estefani

O Réveillon é a comemoração da passagem de ano do dia 31 de dezembro para o dia 01 de janeiro do ano seguinte. A palavra veio do francês e significa “despertar” ou “retomar”, em referência à nova etapa de uma vida que se inicia.

A festa de Ano Novo já é uma tradição no Brasil e em boa parte do mundo, assumindo, em muitos casos, um caráter religioso cristão. No entanto, a origem do Réveillon é muito anterior ao cristianismo, sendo geralmente atribuída à Mesopotâmia, em 2000 a.C., em uma comemoração a algo como o “Festival de Ano Novo”. Persas, fenícios, assírios e gregos, desde tempos remotos, também realizavam as suas celebrações de passagem de ano.

Mas é claro que cada cultura e cada região comemora a passagem à sua maneira e em datas específicas. Os chineses, por exemplo, marcam o seu ano novo ao final de janeiro ou no início de fevereiro, enquanto os judeus comemoram no que é, para nós, final de setembro ou início de outubro. Já para os muçulmanos a passagem de ano é celebrada no mês de maio.

Rituais e tradições - Fogos de artifícios, comer lentilha na ceia, brindar com champanhe, pular com o pé direito, subir escadas, acender as luzes da casa, aumentar o som, gritar bem alto “Feliz Ano Novo!”, vestir cores que tragam boa sorte! São muitos os rituais para a passagem de ano. Mas por que tanta gente acredita em tudo isso e repete esses gestos todos os anos? E, mais ainda, eles de fato servem para alguma coisa?

O que dizem os estudiosos - Os rituais são importantes e têm sua função. Eles carregam o poder simbólico de abrir e fechar os ciclos e esse poder é bastante importante. A cada ciclo que termina, as pessoas sentem necessidade de fazer um balanço de pontos positivos e negativos. E isso vale tanto para as crises, problemas e dificuldades do ciclo que termina quanto para os projetos e sonhos que ficaram estagnados e precisam ser atualizados para o novo tempo que começa.  

Mas por que todo mundo precisa fazer o balanço ao mesmo tempo, numa data convencionada?

Porque as pessoas ainda precisam de um empurrãozinho para incentivar o exame de consciência e abraçar o ano vindouro. É o mundo que se mobiliza em função disso realizando um grande mutirão de boas intenções, que se transforma em um momento muito bonito e de grande esperança.

Os rituais servem justamente para expressar essa tentativa de controlar o destino e dar corpo e voz à esperança. Esperança de mudança, de realizações, esperança na vida que segue, nos sonhos que ainda vivem dentro de nós e que devem ser alimentados.

Esperança de dias melhores, de ser melhor, de amar mais, de sorrir mais, de aproveitar mais a companhia das pessoas que amamos, esperança de ser feliz e de fazer mais gente feliz!

Faça eu exame de consciência, seu balanço, está em tempo de se reinventar para um ano novinho que está quase chegando!

  • NISSAN 16

    Sob consulta
  • CALOPSITAS

    R$ 100
  • CENTRO

    R$ 700
  • MUSA

    Sob consulta
  • TRACKER 08/09

    R$ 31.900
  • GOL 14

    R$ 26.990
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • STOS DUMONT

    R$ 420
  • TOYOTA 12

    R$ 45.000
  • BERNARDINO CAMPOS

    R$ 180.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081