Publicado em 10/01/2018 ás 04h27

Em Marília, jovem é assassinada a facadas pelo próprio marido

O suspeito teria dito para sua própria mãe que havia assassinado a mulher e que “nunca mais” ninguém ia vê-lo novamente.
Creditos: G1

A professora Elisabete Aparecida Ribeiro, de 37 anos, foi morta a facadas na manhã desta quarta-feira (10) no apartamento onde morava, na zona Norte de Marília. Seu namorado é o principal suspeito do crime.

A vítima trabalha em uma escola estadual de Marília e residia em um condomínio de prédios na rua Santos Dumont.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o crime foi descoberto pela família do assassino, que após matar a companheira foi até a casa da mãe, na Vila Altaneira, zona Leste da cidade. O rapaz, identificado como Jefferson Carlos da Silva, de 28 anos, chegou no imóvel sujo de sangue e com o rosto inteiro arranhado.

Ainda de acordo com a PM, o suspeito teria dito para sua própria mãe que havia assassinado a mulher e que “nunca mais” ninguém ia vê-lo novamente. O homem está sendo procurado pela polícia.

Com a informação, a irmã de Silva, assustada, foi até o apartamento onde ele morava com a vítima. Ao chegar por lá, encontrou o imóvel fechado e acionou as viaturas.

A porta do apartamento foi arrombada e os policiais encontraram a mulher já sem vida no chão da sala.

Polícia Civil e perícia também estiveram no local. Os motivos do feminicídio ainda serão apurados.

Fonte: G1 Marília/Bauru

  • CENTRO

    R$ 300.000
  • NISSAN 16

    Sob consulta
  • CALOPSITAS

    R$ 100
  • CENTRO

    R$ 700
  • MUSA

    Sob consulta
  • GOL 14

    R$ 26.990
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • STOS DUMONT

    R$ 420
  • TOYOTA 12

    R$ 45.000
  • BERNARDINO CAMPOS

    R$ 180.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081