Publicado em 25/10/2018 ás 08h22 atualizado em 25/10/2018 ás 08h23

Já começou em Ourinhos, o júri popular que decidirá se João Paulo de Oliveira é culpado no caso Eiji Marvulle

Julgamento que começou por volta das 14h segue após intervalo e defesa e acusação se pronunciam
Creditos: Letícia Azevedo

Letícia Azevedo

Está acontecendo no Fórum da Comarca de Ourinhos, nesta quinta-feira, 25, o julgamento de João Paulo de Oliveira, condutor da motocicleta que transportava Arthur Nogueira no dia do crime que ceifou a vida do jovem Eiji Marvulle, em 1º de abril de 2016.

O Ministério Público pedirá a condenação do réu em primeira instância, com a alegação de que ele estava ciente de que o crime iria acontecer, apresentando troca de diversas mensagens entre o autor dos disparos e o condutor da motocicleta.

Já a defesa de João Paulo informou à nossa reportagem que pedirá a absolvição do réu, e afirmará que ele não conhecia a vítima, e que ele teria apenas saído para um simples passeio.

Até o momento algumas testemunhas foram ouvidas nessa primeira fase, dentre eles o delegado Dr. Beffa, que afirmou que Arthur e João Paulo tiveram apoio logístico de uma moça com o nome de Marli, que estudava na sala da vítima Eiji Marvulle, que segundo investigação policial, teria um relacionamento com Arthur, e teria dito a hora em que Eiji estaria no estacionamento.

Foi ouvido também o dono da motocicleta, Fernando, que contou que emprestou a moto a João Paulo, e que o motivo alegado por ele é que iria usar a moto "para resolver uma treta". Fernando negou ter conhecimento de que os dois iriam cometer um crime, e que após receber a moto de volta, não perguntou o que teriam feito em posse de sua motocicleta.

O Ministério Público alega nesse exato momento que o crime teria sido cometido e pede o agravante de motivo fútil, ou seja, motivado apenas por um relacionamento em comum que Arthur e Eiji tiveram com a mesma moça.

A Defesa ainda vai se manifestar.

RELEMBRE O CASO – No dia primeiro de abril de 2016, próximo das 21h, o jovem Eiji N. Marvule estava na companhia de sua namorada, sentado sob sua moto, na entrada da Universidade Estácio de Sá, campus Ourinhos, quando dois indivíduos numa moto se aproximaram, um deles sacou de um revólver, chamou pelo nome de Eiji, e disparou três tiros que atingiram a cabeça do jovem. A vítima chegou a ser socorrida, mas faleceu ainda a caminho do hospital – os dois indivíduos fugiram. O assassino, Arthur José Nogueira, 24 anos, foi preso no dia 09 de agosto de 2016, após meses de investigação por policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). O comparsa, João Paulo Oliveira, 22, também foi preso e responde como cúmplice.

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • SOL

    R$ 200.000
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • CROSSFOX 09/10

    R$ 23.000
  • TELEFONE

    R$ 80
  • ITAJUBI

    R$ 160.000
  • CORSA 04

    R$ 13.700
  • HELENA BRAZ VENDRAMINI

    R$ 150.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081