Publicado em 08/11/2018 ás 07h02 atualizado em 08/11/2018 ás 07h37

Casa de Carnes é interditada pela Vigilância Sanitária em Ourinhos

Após denúncias de que o estabelecimento estaria vendendo carne imprópria para o consumo, Vigilância Sanitária fecha açougue no Itamaraty
Creditos: Letícia Azevedo

Letícia Azevedo

O açougue Suíno e Cia, situado na Rua Heraldo N. Abujamra, no Jd. Itamaraty, foi interditado na manhã dessa quinta-feira (7), em operação conjunta da Polícia Civil, Vigilância Sanitária e Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo. 

Numa propriedade rural foram encontrados animais, que de acordo com informações, supostamente seriam abatidos, já no açougue, havia mais de uma tonelada de carne bovina e suína que seriam comercializados. Os donos do estabelecimento foram presos em flagrante por crime contra a saúde pública e ao meio ambiente, devido a um descarte irregular de ossadas, que foi encontrado durante a inspeção, crimes inafiançáveis.

Após denúncias de que o estabelecimento funcionava de maneira irregular, a Vigilância Sanitária conseguiu solicitar junto ao Poder Público um mandado de busca, através do qual a Polícia Civil encontrou o local onde os animais seriam abatidos, em péssimas condições sanitárias e a carne refrigerada inadequadamente.

O delegado coordenador da Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, doutor Pedro Otávio Telles, em entrevista a nossa equipe, relatou que desde outubro, investigadores da Central de Polícia Judiciária vêm trabalhando no caso, a fim de apurar as denúncias que chegaram ao fato. O delegado também alertou que qualquer outra pessoa que mantenha as mesmas práticas será detida “(...) Que todos saibam, que a polícia está investigando novas denúncias, e que serão enquadradas, presas e processadas, pois a população tem o direito de consumir produtos de qualidade” – afirmou o coordenador.

Após o flagrante, os proprietários foram conduzidos até a Central de Polícia Judiciária. A carne apreendida ficou sob responsabilidade da Vigilância Sanitária, que deve fazer o descarte correto, devendo ser incinerada.

A carne apreendida ficou sob responsabilidade da Vigilância Sanitária, que deve fazer o descarte correto, devendo ser incinerada.

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • SOL

    R$ 200.000
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • CROSSFOX 09/10

    R$ 23.000
  • TELEFONE

    R$ 80
  • ITAJUBI

    R$ 160.000
  • CORSA 04

    R$ 13.700
  • HELENA BRAZ VENDRAMINI

    R$ 150.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081