Publicado em 14/04/2019 ás 03h02

Alimentação saudável e combate ao bullying foram temas de projeto do Colégio Santo Antônio

Comemoração ao Dia Mundial da Saúde envolveu toda a comunidade escolar
Creditos: Divulgação

Rose Pimentel Mader

Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde – 7 de abril - o Colégio Santo Antônio envolveu toda a comunidade escolar num amplo projeto denominado Vida Saudável que focalizou, especialmente, duas questões contemporâneas e de extrema relevância: a alimentação saudável e o combate ao bullying.

A diretora Sueli Carrijo Rodrigues e toda a equipe gestora e pedagógica elaboraram um cronograma diversificado de atividades que foram desenvolvidas, na semana de 1º a 6 de abril, com os alunos de todos os ciclos – Educação Infantil, Ensinos Fundamental I e II e Médio. O projeto teve também a expressiva colaboração dos pais.

A proposta do Colégio foi promover ações para incentivar as crianças e jovens a adotarem em seu cotidiano hábitos alimentares saudáveis e, também, atitudes positivas no relacionamento com os colegas, tendo como foco o bem estar e uma convivência harmoniosa e feliz no universo escolar.

Feirinha de frutas e legumes - A Educação Infantil trabalhou histórias e poemas relacionados à alimentação saudável promovendo a degustação de frutas, saladas de frutas e sucos naturais. As atividades foram realizadas no Espaço Verde do Colégio onde os alunos participaram de brincadeiras de Faz de Conta com a temática Brincando de Cozinheiro e montaram uma bela feirinha de frutas e legumes, confeccionados por eles mesmos com material reciclável. Na feirinha os alunos também tiveram a oportunidade de comercializar os produtos, vivenciando novos conhecimentos. 

Concurso de receitas saudáveis

A abertura da semana no Fundamental I foi feita no auditório do Colégio pela nutricionista Silmara Bertolli que ministrou palestra e apresentou filme abordando o tema do projeto.

No decorrer da semana, os alunos montaram um mural destacando ações importantes para o funcionamento do organismo e fizeram piquenique no Pátio do Colégio tendo como foco o lanche saudável na lancheira.

Os alunos fizeram uma avaliação diária de seus lanches consumidos no decorrer da semana que culminou com a elaboração de um gráfico estatístico de cada sala, demonstrando a qualidade do lanche.

Uma das atividades mais importantes foi a realização de um concurso de receitas saudáveis que foram selecionadas por uma comissão julgadora interna. As 10 receitas finalistas foram desenvolvidas pelos alunos e apresentadas para a avaliação de uma comissão julgadora externa integrada por profissionais da área gastronômica da cidade.

As cinco receitas escolhidas foram premiadas pela escola durante evento no auditório do Colégio reunindo alunos, pais, professores e representantes da comissão julgadora.

Os alunos premiados ganharam cestas de frutas e todos os participantes também foram agraciados com lembranças da escola.

As receitas premiadas foram: bolo integral de maçã, sagu de chia, bolo de chocolate saudável, torta integral de frango com legumes e fanta caseira.

O encerramento da semana aconteceu no sábado, 6 de abril, com uma gincana sobre alimentação saudável. 

Combate ao bullying 

Alicerçado na Lei n º 13.185, denominada "Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying)”, segundo o qual: "Considera-se intimidação sistemática (bullying) todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima, em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas", o Colégio realizou uma importante ação entre os alunos. 

A proposta foi promover a discussão, reflexão e ação, em torno do assunto, enfatizando a cultura de paz e respeito aos direitos fundamentais do ser humano e, ainda, a valorização da troca de experiências como forma de aprendizagem, de acatamento ao pensamento e à produção do outro, instituindo uma visão solidária das relações humanas, a partir do contexto de sala de aula. 

O projeto englobou palestras expositivas sobre o assunto, falando sobre o fenômeno do bullying, suas consequências, como os alunos devem agir diante dessas situações, como prevenir, exposição de vídeos reflexivos, entre outros acontecimentos. 

No dia 1º de abril foram realizadas diversas ações de conscientização com os alunos. Todos os professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, trabalharam em sua disciplina, escrevendo frases na lousa sobre o tema bullying, dialogaram sobre a semana da conscientização ressaltando o quanto é importante refletirmos sobre o bullying, suas consequências e como podemos evitá-lo. Foram convidados alguns pais de alunos para palestrar sobre o tema bullying na escola. 

No dia 3, a advogada Eliana Santarosa, ministrou uma palestra com o tema Cyberbullying para os 6ºs anos A e B. No dia 4, a psicóloga Simone Batisttetti ministrou uma palestra com o tema Bullying não é brincadeira para os 7ºs anos A e B. As ações durante a semana também foram realizadas pelos próprios alunos do Ensino Médio e CPV (Curso Pré Vestibulares) dando aulas de conscientização para os alunos do Fundamental II, sob supervisão e acompanhamento das psicólogas Kathiane Hernandes Nigro e Daniele Fernanda Cabral. Os alunos do Ensino Fundamental II deram aula para os alunos do Fundamental I, estimulando o protagonismo do aluno, favorecendo não somente a conscientização, mas, também, o despertar dos alunos envolvidos, enfatizando que o tema é responsabilidade de todos e que juntos é possível construir uma escola com mais respeito e valorização humana.

Mães destacam importância do projeto

Ana Paula Zili Bianchini - Achei a idéia excelente. Há um tempo a gente já adota a alimentação saudável em casa, mas na escola acaba atingindo toda a comunidade escolar, com isso um amigo incentiva o outro. É um grande projeto. Ela conta que durante a realização do projeto a filha quis levar ou comprar na Cantina apenas lanche saudável.

Thaís Pineli Amaral Mello, professora de Inglês - Iniciativa é sensacional porque hoje em dia o mercado oferece uma grande variedade de produtos industrializados, muito coloridos com embalagens muito bonitas. Por isso precisamos fazer um trabalho de conscientização para que eles tenham a noção de que tudo isso é muito bonito, mas faz muito mal à saúde. Então as receitas saudáveis, feitas especialmente com a participação das crianças na cozinha ajuda muito e incentiva a adoção de uma comida mais saudável.

Rafaela Francisca Esteves - É fundamental a iniciativa da escola de implantar esse projeto porque ajuda a gente, incentivando as crianças a aceitarem o que estamos fazendo em casa para uma alimentação saudável. Com isso a escola reforça o nosso esforço. É uma parceria da escola com a família para uma vida mais saudável. Vendo os amigos comendo frutas também elas ficam mais motivadas, evitando assim o consumo de embutidos.

Profissionais da área gastronômica elogiaram a iniciativa

Alessandro Simões, da Escola de Culinária Sal e Açúcar: Achei muito legal a iniciativa do Colégio. Acredito que só assim a gente consegue fazer com que as crianças comecem a entender que uma alimentação saudável também pode ser gostosa e prazerosa. Os pratos que os alunos fizeram foram surpreendentes, especialmente pelo sabor e alimentos utilizados.

Carolina Galan Shiguematu - Achei a iniciativa fantástica. Tenho duas filhas, uma de dois meses e outra com 2 anos e em casa eu já adoto da alimentação saudável e acho que faz a diferença para o desenvolvimento da criança e quanto mais as crianças consumirem alimentos naturais melhor será a saúde delas.

Gostei dos pratos, achei muito criativos, saborosos, misturas diferentes. Os alunos estão de parabéns.

Renata Mariotto Rotelli Azevedo, nutricionista da Salutte - Uma preocupação atual, cada vez mais as pessoas estão buscando adotar uma alimentação mais saudável e é importante os pais colocarem isso na vida das crianças para garantir a saúde e uma melhor qualidade de vida.

Erica Ruza Marcolini Abujamra – Achei muito legal, estamos todos preocupados com isso com o consumo de alimentos industrializados. É importante incentivar as crianças a terem uma alimentação mais natural e saudável.

Daniela Fernandes Montequese tem um  Blog no Instagram – Bagunçando na Cozinha que posta receitas saudáveis, sem farinha branca, sem açúcar - Achei muito legal, eu tenho um filho de 3 anos e acho que a escola ajudando a gente a manter uma alimentação saudável é muito importante. Espero que esse projeto tenha continuidade e que a alimentação realmente seja crescente. Pratos muitos bons, saborosos e alguns me surpreenderam bastante.

  • JOSEFINA

    R$ 145.000
  • PICK UP STRADA 14/15

    R$ 33.000
  • MESA

    R$ 999
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • SAVEIRO 16/17

    R$ 60.000
  • PÉ DE MÁQUINA

    R$ 300
  • VECTRA 10

    R$ 25.000
  • SÃO ROQUE

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081