MAX. º MIM. º
TEMPO:

Saúde em Movimento – Pressão Alta e Exercícios

 

Ângela Torres

Caros leitores. Esse é um assunto que interessa hoje a muitos, pois se percebe que a pressão alta é hoje uma patologia que está aumentando significativamente na população brasileira. O ministério da saúde publicou no dia de combate a hipertensão (17 de maio), uma recente pesquisa feita pela VIGITEL, que mostrou que em 2018 24,7% do Brasil sofre com pressão alta e uma média de 388,7 pessoas morre por ano devido a essa doença.
No planeta mais de 1bilhão de pessoas é hipertensa. “A pressão alta está entre as principais culpadas por infarto, acidente vascular cerebral, entre outros males”, afirma o cardiologista Marcus Malachias, da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais.
Preocupados com esses números alarmantes a Associação Americana do Coração e o Colégio Americano de Cardiologia atualizaram as recomendações de diagnóstico e tratamento da pressão alta. Antes, era considerado hipertenso acima de 140 por 90 milímetros de mercúrio (mmhg). Agora, 130 por 80 (o popular 13 por 8) já é doença, e situações que variam de 120 a 129 por 80 – antes normais – acionam o sinal amarelo. (fonte: Biernath, André;2018/04/11. Newsletters Saúde). “Essa foi a maior ação de prevenção cardiovascular realizada pelo bem da humanidade”, diz o cardiologista Flavio Fuchs, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
No Brasil o parâmetro adotado foi:
Normal – abaixo de 120 por 80
Pressão elevada* – de 121 por 81 a 139 por 89
Hipertensão – acima de 140 por 90
A boa notícia é que exercícios físicos são verdadeiros aliados no controle da pressão arterial. Claro que associados ao tratamento incluindo uma reeducação alimentar. Seu médico cardiologista irá indicar o melhor caminho para que a hipertensão seja controlada.
A atividade física regular deixa o coração mais forte. Assim, ele consegue bombear mais sangue com menos esforço, o que automaticamente diminui a força nas artérias, diminuindo assim a leitura da pressão arterial.
A atividade aeróbica pode ser uma maneira eficaz de controlar a pressão alta. Mas exercícios de flexibilidade e fortalecimento, como levantamento de pesos, também são partes importantes de um plano geral de condicionamento físico. Você não precisa gastar horas na academia todos os dias para se beneficiar da atividade aeróbica. Basta adicionar atividades físicas moderadas à sua rotina diária. Qualquer atividade física que aumente suas taxas de respiração e coração é considerada atividade aeróbica. Por exemplo: caminhar, pedalar, subir escadas, dançar.
Na musculação pode ocorrer um aumento temporário da pressão arterial durante a execução dos exercícios. Deve-se tomar alguns cuidados nessa modalidade, mas ela também pode ser praticada diariamente. Se você quiser fazer musculação esteja atento ao seguinte: não segurar a respiração durante a execução dos exercícios, faça treinos de maior resistência muscular e menor carga. Muito peso pode levar a um aumento dramático da pressão arterial. Ouça seu corpo, se ele estiver pedindo pausa, pare. Os sinais corporais são precisos.
Se você não sabe como anda a sua pressão arterial, dê uma checada, basta ir a uma farmácia ou posto de saúde e se estiver alta, procure imediatamente um cardiologista.
Cuide-se, qualidade de vida vem em primeiro lugar!
Uma boa semana a todos e até a próxima.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.