MAX. º MIM. º
TEMPO:

Você sabia que o cigarro pode provocar incontinência urinária?

Que o cigarro traz malefícios à saúde todos já sabem, mas e que existe uma relação entre tabagismo e incontinência urinária feminina? Aposto que é novidade.

Você deve estar se perguntando: Como o cigarro pode ser culpado pelo aparecimento da minha Incontinência Urinária (IU)? Calma, que já vou te explicar.

1 – Já é comprovado que o uso contínuo de cigarro causa uma TOSSE repetitiva e crônica (que acontece frequentemente). Esta tosse forte e repetitiva, acaba empurrando a bexiga e uretra para baixo e esta alteração anatômica facilita o escape de urina.

2 – O tabaco (monóxido de carbono e nicotina) tem um efeito hormonal antiestrogênico, ou seja, diminui o nível de estrogênio no organismo da mulher. Este déficit hormonal altera o tônus muscular do Assoalho Pélvico (AP), atrapalhando a função normal dos esfíncteres uretrais e isto favorece o aparecimento da IU (incontinência urinária).

3 – Além disto, a nicotina também tem um efeito irritativo para a bexiga, fazendo com que a bexiga se contraia excessivamente, o que promove vontade de urinar constantemente, levando a hiperatividade vesical e incontinência urinária de urgência.

4 – O tabagismo também traz interferência negativa na síntese de colágeno. A diminuição na síntese de colágeno prejudica a função muscular do Assoalho Pélvico, já que levará a um déficit de elasticidade e sustentação muscular, e isto favorecerá também o aparecimento da IU.

Estes são alguns dos motivos pelos quais o tabagismo leva ao desenvolvimento da IU.

Vale lembrar que a Fisioterapia Pélvica trata todos os tipos de Incontinência Urinária e é recomendada como primeira linha de tratamento, pois apresenta ótimos resultados!!!

Contudo, parar de fumar também é altamente recomendado para que o tratamento tenha melhores resultados.

Você tem alguma dúvida? A Dra Danielle Evangelista pode responder prá você! F. (14) 99622-6310 ou (14) 3324-9977 @dradanielleevangelista
A profissional se formou em Fisioterapia pela Universidade Paulista- UNIP (Assis/SP) no ano de 2014. Possui Especialização Internacional em Uroginecologia Funcional (Fisioterapia Pélvica) pela Faculdade Inspirar (Curitiba/PR) e mestrado em Saúde e Envelhecimento pela Faculdade de Medicina de Marília- Famema (Marília/SP), além de possuir experiência clínica de 05 anos e atuar como Fisioterapeuta Pélvica na Clínica Reabilitar em Ourinhos/SP, é professora de estágio na Faculdade Estácio de Sá de Ourinhos.
Apaixonada pela profissão, está sempre em busca de novos conhecimentos na área, atualizações e novos equipamentos. Tem como missão principal levar aos seus pacientes melhor qualidade de vida, promovendo saúde intima, músculos pélvicos saudáveis e vida gestacional confortável, segura e feliz.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.