MAX. º MIM. º
TEMPO:

Cerca de 560 mil pessoas devem passar pelo recinto da 48ª FAPI

A Polícia Militar estima que cerca de 560 mil pessoas passem pelo recinto da 48ª FAPI (Feira Agropecuária e Industrial de Ourinhos) durante os nove dias de evento. Só no primeiro dia de festa, que conta com a presença do músico Luan Santana, a expectativa é que 100 mil visitantes de Ourinhos e região passeiem pelo local.

Além do show no palco principal, haverá vários outros atrativos que irão garantir o grande fluxo de pessoas, como o palco alternativo, muitas opções na praça de alimentação, o parque de diversão, além das exposições de estandes e os cursos e treinamentos que ocorrerão nos pavilhões.

De acordo com a Polícia Militar, os shows da dupla César Menotti e Fabiano, que acontece no segundo dia da feira (8) e o último show, do cantor Cristiano Araújo, que acontece no domingo (15) devem receber em torno de 80 mil pessoas cada. A noite que Lulu Santos pisa nos palcos deverá contar com um público estimado em 70 mil pessoas.

Para a apresentação dos cantores sertanejos Lucas Ferreira e a dupla Edson e Vinícius são esperados em torno de 60 mil visitantes. A mesma estimativa também foi prevista para o show do cantor Daniel. A cantora gospel Aline Barros, que acontece na terça-feira (10) e a apresentação do resgate da música sertaneja representada pelos grandes nomes Almir Sater, Renato Teixeira e Sérgio Reis na noite da quarta-feira (11) deverão reunir público de 40 mil pessoas.

O show que deve reunir um público menor, mas ainda sim considerável, é a apresentação da Orquestra Filarmônica com um número estimado de 30 mil visitantes. O Coronel Dudas da PM ressalta que apesar de uma estimativa variável, a atenção e o policiamento reforçado acontecerá durante todos os dias do evento.

O membro do GFapi, Celso Zanutto, disse que a feira tem estrutura para abrigar muitas pessoas e que o grande número de visitantes este ano se dará não somente pelo setor de entretenimento do evento, mas também dos negócios. “Essa edição é focada em negócios, temos palestras, treinamentos, cursos. Então, além das pessoas que vem para os shows, para comer, e aproveitar o parque, entre outras atrações, também há todo aquele pessoal que vem participar desses cursos e atividades voltados para o ramo de negócios”, salienta.

Quanto à expectativa, Zanutto acredita que o evento já deu certo. “Tudo que estamos vendo acontecer é um conjunto de ideias que foi colocado em dezembro do ano passado e que tem tudo para dar certo. Mudanças e melhorias que foram apontadas por várias pessoas e eu acredito que tudo surtiu efeitos positivos. Para mim, já deu certo”, termina.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.