sbado, 07 de dezembro de 2019

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Promoção antecipada Black Friday já movimenta a economia de Ourinhos

Alguns comerciantes já estão proporcionando valores mais baixos em seus produtos

 

Juliana Neves

Novembro é o mês da “Black Friday” (sexta-feira negra). É um termo e a última sexta-feira do mês de promoções especiais de estabelecimentos comerciais nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil e em Ourinhos não é diferente. Algumas lojas antecipam a promoção e proporcionam valores mais em conta durante o mês inteiro.

Quando iniciou o mês, o comércio de Ourinhos, em algumas lojas, já anunciaram esta promoção como “Esquenta Black” ou “Black November”. Já as demais estão deixando para anunciar as promoções para a última semana do mês ou, até mesmo, na última sexta-feira do mês como nos Estados Unidos.

Realmente, é uma época do ano interessante para pôr em dia algumas compras. Mas é importante pesquisar cada estabelecimento, produto e valor para que não caia em uma fraude ao invés de adquirir uma promoção vantajosa.

Para saber como é a aceitação desta promoção em nossa cidade e a expectativa dos comerciantes e vendedores, fomos às ruas e ouvimos algumas opiniões.

OPINIÕES – A opinião de modo geral de todos que trabalham no comércio é que esta promoção supere o déficit de vendas do mês anterior. Além de ser uma das épocas promocionais mais esperadas durante o ano pelo consumidor e, claro, a expectativa é que as vendas sejam maiores que o ano passado.

Ingrid Borges – proprietária loja de roupa infantil – “A expectativa para este ano é dar um “up” nas vendas, porque outubro foi muito parado e o mês também não começou bem. A esperança é que esta promoção atraia muitos clientes”.

Hugo Henrique de Campos – vendedor de loja de colchões – “Aqui em Ourinhos a Black Friday é uma época muito esperada pelas pessoas e possui uma movimentação considerável da economia do município. O ano passado registramos um fluxo bom de vendas e para este ano a expectativa é maior, pela razão de lançarmos promoções melhores do que havíamos preparado para o ano anterior e a promoção faz a diferença para a empresa”.

Hugo Henrique de Campos.

Camila Sachete – gerente de loja de brindes – “Nossa expectativa é muito boa porque a Black Friday é sempre muito bacana, é um momento em que os consumidores esperam para comprar aquele presente que ficou para trás com um preço baixo e fazemos a promoção com até 80% de desconto. Não é uma promoção balela e muitos até antecipam o Natal”.

Camila Sachete.

David Costa – vendedor de loja de roupa adulto – “A Black é muito boa para o comerciante e para o público, porque nós observamos que atrai muito mais cliente para dentro da loja e todo mundo quer uma promoção vantajosa. O consumidor espera mais por esta época do que qualquer outro período do ano”.

Da esquerda par direita: David Costa e João Henrique Conte.

Fernanda Sousa – gerente de loja de eletrodomésticos – “Estamos com muitas ofertas antecipadas durante o mês inteiro e a nossa esperança é de que novembro supere outubro e o ano anterior. A economia não está tão viável este ano, mas a expectativa é que esta promoção faça melhorar a movimentação de nossa loja. Neste período, vendemos mais que o Natal e é um segundo dia das mães para nós”.

Anderson Silva – gerente de loja de eletrodomésticos – “Desejamos que as vendas sejam bem altas e dobre o faturamento em relação ao ano passado. As pessoas esperam e até já pesquisam no mercado os produtos que desejam para comprar no dia “d” da promoção. Estamos confiantes, oferecemos até 70% de desconto e queremos que o sucesso se repita”.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.