sbado, 14 de dezembro de 2019

MAX. º MIM. º
TEMPO:

4º EXPO TATTOO: um sucesso cultural

O evento de tatuagem considerado uma celebração da arte

 

Juliana Neves

 

No último final de semana, dias 9, 10 e 11 de agosto, foi realizado, no recinto da FAPI, a 4º Expo Tattoo. Um evento que contou com a participação de diversos tatuadores do Brasil. Cidades como Rio de Janeiro, Joinville, Balneário Camboriú, Sorriso (Mato Grosso), São Paulo, Sorocaba, Bauru, Birigui, Cerqueira Cesar, Cerqueira Campos, Londrina, Jacarezinho, Ourinhos, Barra Bonita, Piraju e Ipaussu. Uma produção alternativa, mas que já tem o apoio da prefeitura da cidade, fazendo parte do calendário cultural de Ourinhos.

De primeira impressão, para as pessoas que não são acostumadas com essa diversidade, provavelmente, terá um choque de realidade ao ver muitos tatuadores reunidos, trabalhando sem parar e deixando o descanso para o fim do evento, e um público com muitos desenhos no corpo.

Algumas pessoas estavam no local para chamar a atenção do público em busca de quebra de preconceitos. São as pessoas reconhecidas por modificados, pois elas possuem o corpo todo desenhado, muitas vezes, somente pintado em alguma cor e diferentes piercings e alargadores no rosto. Inclusive dentes e olhos modificados, tatuam os olhos de alguma cor e trocam a dentária por outra mais brilhante, tem até em formato de dente de vampiro.

Pessoas modificadas presentes no evento (Crédito: 4º Expo Tattoo).

A maioria do público que estava presente no evento, foi para conhecer e fazer uma tatuagem. Como é o caso de Andresa Rodrigues, uma visitante que veio de Itapetininga, para ser tatuada e prestigiar o amigo tatuador.

Andresa sendo tatuada (Crédito: 4º Expo Tattoo).

E os tatuadores tiveram a oportunidade de concorrer a algumas premiações em 20 categorias, segue os nomes dos ganhadores:

Série Desenho Colorido: Kid

Série Desenho PB: Kid

Aquarela: Denis e Jony William

Caligrafia: Kill e Bruno Corrêa

Free Hand: Kid e Jhony

Comics: Rodrigo Fante e James

Old School: Panda e Flávio

Tribal Maori: Paulo Anselmo e Zuk

Colorido: William Alan e Flávio

Preto e Cinza: Moisés e Kid

Portrait: Carlos Munhoz e Erick Martins

Piercing Exótico e Simétrico: Jack

Cultura Brasileira: Panda e Igor Alexandre

New School: Pedrão e Jony William

Realismo: Paulo Bueno e Wolf

New Traditional: Érica e Flávio

Oriental: David e Paulo Anselmo

Fechamento: Rafael e Kid

Pontilhismo: Rafael e Zuk

Melhor do Evento: Flávio (new traditional)

Paulo Galico (na direita) com uma das ganhadoras (Crédito: 4º Expo Tattoo).

 

Paulo Galico, o organizador do evento, avalia como a melhor edição, pois o público foi bem mais receptivo à cultura e com o apoio da prefeitura puderem ter mais visibilidade em Ourinhos, região e no próprio país.

Em paralelo a Expo Tattoo, também estava acontecendo o Festival de Rock que contou com diversos shows de bandas regionais. No fim, foi uma mistura cultural entre as pessoas que curtem rock e tatuagem. É uma demonstração de que Ourinhos valoriza e apoia diferentes opiniões e atitudes.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.