quinta, 21 de novembro de 2019

MAX. º MIM. º
TEMPO:

O desfile Cívico de Ourinhos

Neste ano, o desfile de 7 de setembro foi realizado com a mensagem de esperança de um futuro melhor para o Brasil

 

Juliana Neves

No sábado, 7, feriado de Dia da Independência, a população ourinhense pode prestigiar mais um desfile que é aclamado como tradição na cidade, que começou na rotatória da Altino Arantes com a avenida Gastão Vidigal.

Com alguns minutos de atraso o desfile iniciou ao som da turma do Tiro de Guerra. Jovens com suas roupas típicas carregando as bandeiras e recebendo ordens de posição perante o desfile, alguns com rostos pintados de verde e preto, transpassando a sensação de que estariam prontos para defender quem fosse preciso.

Jovens do Tiro de Guerra.

Logo em seguida pudemos prestigiar toda a equipe de polícia: Militar, Civil, Rodoviária Estadual, a Rodoviária Federal e o Corpo de Bombeiros ao som de suas sirenes, que nos remete a certeza de que temos pessoas à disposição da população para manter a ordem e segurança de Ourinhos. A Defesa Civil e alguns da equipe do SAMU também marcaram presença neste dia tão importante para a sociedade como um todo.

“Para nós é um orgulho participar do desfile de sete de setembro com as demais entidades públicas e com a população em peso demonstrando o orgulho brasileiro e prestigiando essa data importante para nós. Para a Polícia Militar é um prazer e um orgulho enorme estar aqui, nos sentimos parte deste país sempre à disposição da população para garantir segurança e paz e, claro, sempre ao lado de pessoas do bem”, conta o Capitão Viol, comandante do 31º Batalhão da Polícia Militar de Ourinhos.

Militares em preparação para o desfile.

O desfile também contou com a presença ilustre de Bóris e Panthro, os cães do canil da polícia. Quem se aproximou deles pode perceber a alegria de Panthro, de apenas dez meses de idade, e a sua vontade de brincar com quem fosse. Já o seu companheiro, estava mais quieto sem demonstrar interesse em socialização com as pessoas.

O cão Panthro que está em fase de treinamento.

A Associação Mirim dos Guardinhas, AMO-SIM, estava em peso com a sua fanfarra, os novos integrantes e, ao mesmo tempo, estava realizando um encontro de ex-guardinhas que clamavam, em forma de grito de guerra, a sua experiência por um dia ter feito parte desta turma de guardinhas da Zona Azul. E cada grupo estava identificado com uma cor e modelo de roupas diferentes.

 

Conforme as horas iam passando, era perceptível a animação de quem estava ali assistindo o desfile e o entusiasmo de ver muitas pessoas da cidade comemorando a independência do país. Afinal, o destaque deste desfile foi a esperança do povo brasileiro de um futuro melhor com a valorização da beleza, fauna, flora e cultura do Brasil.

A plateia do desfile.

Diversas entidades estiverem presentes na manhã de sábado, como a APAE com os seus alunos felizes por estarem ali e se sentindo incluídos na sociedade, AADF, RECCO, Lions Clube, SME/Amor Exigente, Cidade Verde (plantio de árvores) e Nilce Abrigo de Cães.

APAE Ourinhos iniciando o seu desfile.

Entre as escolas públicas, com apresentação de suas fanfarras, grupos de teatros, conquistas esportivas e projetos diferenciados, estavam a Emef Dorothildes Gonçalves, Emef Francisco Dias Negrão, Emef José Alvez Martins, Emef Georgina Lopes, Emef Jandira Zanoni, Emef Salem Abujamra, Emef Nilse de Freitas, Emef Josefa Navarro Lemos, Emef Jorge Herkrath, Emef Evani Ribeiro Carneiro, Emef Miguel Farah, Emef Amélia Marom, Emef Paulo Freire, E.E José Augusto e Emef Adelaida Racanello.

Também marcaram presença O Colégio Santo Antônio, com a apresentação de suas bailarinas, a fanfarra e a reunião dos professores, e o Colégio Santo Agostinho, com os seus pequeninos e os pais fundadores da escola. Afinal, é um colégio recente com apenas um ano e meio de existência.

Alunos do Colégio Santo Antônio.

“É uma oportunidade para as crianças lembrarem da independência do nosso Brasil e para mostrar a eles que somos livres, além da importância de mostrar o trabalho que é realizado todos os dias na escola”, afirma Fernanda Regina, professora de Educação Física da escola Racanello. A professora também explica que os alunos gostam de participar do desfile: “eles se sentem bem, querem vir e ficam animados com o evento”.

O Instituto Aprove desfilou com os seus alunos vestidos de acordo com os cursos profissionalizantes ofertados pela escola técnica, aliás, ano passado formou-se a primeira turma do curso de bombeiros em Ourinhos.

Instituto Aprove em desfile.

Representando a Prefeitura quem desfilou foram as secretarias de Saúde, representada pela secretária Cassia Palhares; Secretaria de Cultura por meio de apresentação do bailado; Secretaria de Assistência Social com sua campanha do agasalho, brinquedo e o delicioso yakissoba, e a Secretaria de Infraestrutura e Obras.

 

Apresentação musical do bailado.

A Secretaria de Esportes, representada por Danilo Ferreira, deu um show ao apresentar seus atletas de tênis de mesa, as equipes de artes marciais – jiu jitsu, muay thai, karatê, grupos de capoeira, entre outros esportes ofertados no Ginásio “Monstrinho”. Mas o destaque foi para os atletas da natação, pois durante o caminhar de cada um, se destacavam suas inúmeras medalhas.

Danilo Ferreira (de óculos da esquerda para direita) secretário de esportes acompanhado de parcerias.

Diversos projetos da Prefeitura foram apresentados no desfile. Para o prefeito Lucas Pocay, a palavra que definiu o momento foi gratidão. Ele também aproveitou para alertar as pessoas da necessidade de viver a independência nos dias de hoje.

“Além de marcar o nosso país na questão do patriotismo e do civismo, precisamos viver esta independência neste mundo de muito ódio, rancor e maldade, esperamos que esses sentimentos sejam substituídos pelo amor, respeito, pela fraternidade, pela união. Que essa independência seja da injustiça, da desigualdade, que a gente consiga se livrar destas situações que o país atravessa, que as pessoas consigam ter mais Deus no coração, consigam olhar para o próximo com mais amor. Vamos construir uma país e uma cidade muito mais harmônica, justa e com muita qualidade”, fala o prefeito.

Lucas Pocay e Clara Pocay, prefeito e primeira dama, respectivamente, no palanque com diversas autoridades de Ourinhos.

Segundo o prefeito, ainda há muito o que desenvolver na cidade, mas já é possível perceber alguns avanços. “Aqui a gente mostrou um pouco das ações que realizamos na cidade nesses dois anos e meio, e a gente nota no olhar das pessoas, dos nossos servidores, daqueles que participaram do desfile esse grande orgulho de fazer parte da gestão como um todo. Esperamos cada vez mais pessoas engajadas nessa construção conosco. Queremos fazer o melhor a cada dia e para isso precisamos da participação de todos”, finaliza.

O grupo X-Pebas/Oficina da Bike, participou do desfile em agradecimento aos vários quilômetros de ciclovia projetados pela atual gestão. Lucas Pocay foi presenteado com uma camiseta do grupo de ciclistas.

Lucas Pocay recebendo a camiseta de um dos integrantes do grupo de ciclistas.

Com o fim do desfile se aproximando, a população ainda prestigiou uma turma animada da aula de zumba do professor Dárcio Rodrigues, a escola Estúdio Dança Dayane Cardoso, os grupos de airsoft Espartanos e Justiceiros, o Clube de Carros Antigos e Raridades de Ourinhos e os motociclistas participantes do evento Moto Fest.

Motociclistas participantes do Moto Fest.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.