domingo, 09 de agosto de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Cinco são presos em flagrante por pescar em período e locais proibidos

As ocorrências foram registradas em Cambará e Itambaracá no norte do Estado do Paraná

PreviousNext

 

Estamos no período da Piracema, época proibida de pesca, conforme a Lei 9.605/98 de crimes contra o meio ambiente. Em seu artigo 32, a lei é clara e pode levar a pena de detenção de três meses a um ano e multa.

 

PRIMEIRO CASO – O 4º Pelotão da Polícia Ambiental de Jacarezinho “Força Verde”, prendeu três pessoas no dia 30/01, que estavam pescando no Rio Paranapanema em Cambará-PR. O local é conhecido como acampamento de pescadores.

Os indiciados foram presos em flagrante e com eles foram apreendidos: 1 barco de 6 m, 60 Kg de peixes, 350 m de rede malha 8, 8 varas de pesca, 1 fisga, 1 caixa de apetrechos e um puçá.

 

SEGUNDO CASO – Em segunda ação, no dia 17/01, em patrulhamento preventivo no município de Itambaracá-PR, próximo à Usina Hidrelétrica Canoas I, outras duas pessoas foram presas, pois faziam pesca predatória com tarrafa. O local é conhecido como “Bambuzal”, na confluência dos Rios das Cinzas e Paranapanema.

Com os indiciados foram apreendidos 1 embarcação, 2 tarrafas de malha 8 mm e 4 metros de altura e 25 quilos de peixes de espécies nativas (mandi amarelo e cascudo).

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.