MAX. º MIM. º
TEMPO:

Ex-prefeito de Platina e filho mortos em troca de tiros com a PM tinham extensa ficha criminal

O ex-prefeito de Platina, Benedito Carlos Clausen, de 71 anos, e o filho dele, de 47 anos, que morreram durante uma troca de tiros com a Polícia Militar na tarde de quarta-feira (19), na zona rural de Assis (SP), eram foragidos da Justiça e tinham uma extensa ficha criminal.

Os dois foram baleados após uma perseguição e um policial ficou ferido ao ser atropelado pela dupla. O ex-prefeito, conhecido como Dito Quati, e os dois filhos haviam sido condenados por roubo, formação de quadrilha, tráfico de drogas e homicídio.

Em 1995, a Polícia Federal comprovou que eles faziam parte de uma quadrilha internacional de drogas. No sítio deles foram apreendidos 180 quilos de pasta base de cocaína provenientes da Bolívia. Na ocasião, a droga foi avaliada em R$ 9 milhões.

Na época, a Polícia Federal apurou que a família Clausen chegou a manter um laboratório de refino de cocaína em Londrina (PR). Em 1995, Dito Quati foi preso em flagrante e fechou o laboratório.

Quati e os filhos foram condenados a mais de 40 anos de prisão, mas, em 2003, ele e os dois filhos foram resgatados da cadeia de Londrina em uma ação comandada por membros da própria família.

Perseguição e morte – Desde segunda-feira, as polícias Civil e Militar receberam denúncias de que o ex-prefeito de Platina estava planejando praticar roubos na região de Assis. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) pediu interceptações telefônicas.

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar para a zona rural, próximo ao Horto Florestal. Os suspeitos trafegavam pela rodovia que liga Assis a Lutécia, quando desobedeceram a ordem de parada dos policiais e a perseguição teve início.

Eles atiraram contra os policiais e tentaram atropelar um dos PMs, mas acabaram sendo baleados e morreram no local. O carro usado pela dupla, assim como duas armas e munições, foi apreendido.

(Conteúdo G1)

 

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.