MAX. º MIM. º
TEMPO:

Policia Civil de Santa Cruz do Rio Pardo, esclarecem atropelamento ocorrido na manhã do último domingo 29

NOTA A IMPRENSA

Na manhã do último domingo (29/09) em Santa Cruz do Rio Pardo, uma mulher de 37 anos foi encontrada caída nas proximidades do Museu (antiga Estação Ferroviária) no bairro da Estação, com ferimentos gravíssimos. O possível causador do acidente teria fugido do local sem prestar socorro à vítima. A. P. B., de 37 anos, foi encaminhada para a UTI, onde a equipe médica da Santa Casa tentou de tudo para evitar o pior, mas infelizmente a vítima não aguentou e entrou em óbito. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Santa Cruz do Rio Pardo, que passou a investigar a morte e na tarde de segunda-feira (30/09) esclareceu que no dia dos fatos ocorria uma festa de aniversário, em que a vítima participava. Após uma discussão sobre o sumiço de um celular de outro participante da festa, o casal R. e A.P.B. deixam a festa completamente embriagados e a pé. Depois de alguns minutos João Paulo de Melo, também embriagado, deixa a festa com seu carro Fiat/Palio cinza, quando passa com as rodas esquerdas sobre o corpo dela, que estava deitado no chão. Em depoimento, João Paulo, confessou o atropelamento, alegou que parou, percebeu que era a vítima e se evadiu, temendo represálias escondeu o carro. O veículo foi periciado e João Paulo responderá a Inquérito Policial já instaurado.

 

Delegacia Seccional de Polícia Ourinhos – CPJ Santa Cruz do Rio Pardo.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.