tera, 04 de agosto de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Rapaz é preso por porte ilegal de arma de fogo caçando no lago de Ipaussú

Apesar dos riscos causados pela febre maculosa populares desobedecem a avisos de interdição do lago

 

Marcília Estefani

 

Na noite do domingo, 2 de fevereiro, após denúncia anônima, a Polícia Militar localizou Renan Rodrigues da Silva, 26 anos, em posse de uma arma de fogo (espingarda L 10826/03), caçando juntamente com outros dois indivíduos no Lago Municipal de Ipaussu.

O acusado, Renan, admitiu a posse da arma e a ação e foi autuado em flagrante, sendo apresentado na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, onde foi registrado o auto de prisão em flagrante.

Foi arbitrada a fiança de R$ 1.050,00, que não foi paga, sendo o jovem recolhido à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo, onde ficará à disposição da justiça.

PERIGO DO LAGO – O lago municipal de Ipaussu foi interditado pela prefeitura como medida preventiva contra a febre maculosa, transmitida através do carrapato estrela, que já teria contaminado e matado pelo menos duas crianças na cidade neste ano de 2020 (exames estão sendo realizados no Instituto Adolf Lutz). Isso porque muitas capivaras vivem no local e são hospedeiras do carrapato estrela, transmissor da doença.

Até mesmo a Feira da Lua, que era realizada no local, foi transferida para a Praça da Matriz, desde a terça-feira, 28 de janeiro.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Ipaussu tem realizado roçada no entorno do lago, aplicação de vassoura de fogo e de inseticida biológico Beauveria, bem como trabalho de panfletagem e conscientização sobre os cuidados e perigos da febre maculosa.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.