quarta, 21 de fevereiro de 2024

ACE vai apoiar campanha para ajudar a ‘Guarda Mirim’ de Ourinhos

Para solucionar déficit de receita, entidades vão promover campanha de venda antecipada de bilhetes da Zona Azul

 

Da redação

 

A queda de receitas por conta das medidas contra a Covid-19 também afetou a AMO-SIM (Associação Mirim de Ourinhos e Serviço de Integração de Meninas), mais conhecida como “Guarda Mirim”. Sem a arrecadação com a Zona Azul e sem empresas contratando os menores, déficit da entidade só cresce e pode inviabilizar a continuidade de seu trabalho de quase 50 anos. A AMO-SIM comemoraria Bodas de Ouro no próximo ano.

Como resultado de vários encontros e debates acerca do problema, a Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE) decidiu apoiar mais uma vez a Guarda Mirim, agora numa campanha motivando comerciantes e usuários a adquirirem talões de Zona Azul antecipados. “Essa nos parece uma forma rápida, direta e justa para que a Guarda possa arrecadar utilizando aquilo que já tem para transformar em recursos financeiros”, avaliou Robson Martuchi, presidente da ACE.

O diretor da ACE Fred Corrêa Leite, que é também presidente do Sincomércio, foi designado pelo presidente Robson Martuchi para coordenação a participação da ACE na campanha. “Temos que nos unir para manter nossa Guarda Mirim viva e continuando a prestar seus relevantes serviços às famílias ourinhenses”, afirmou Fred.

Na terça-feira, 14, as duas entidades voltaram a se reunir afim de definir os próximos passos para que os resultados comecem a aparecer o quanto antes, dada a urgência da situação. Segundo Robson, a Guarda recebe eventualmente colaborações de deputados estaduais e federais e até através de vereadores, mas esses recursos, por serem públicos, vêm com destinação determinada, como uma reforma, uma ampliação, compra de equipamentos ou contratação de profissionais. “É a chamada verba carimbada, não pode ser utilizada no custeio da entidade”, explicou Martuchi.

A pretensão das duas entidades parceiras é lançar essa campanha ainda neste mês de julho.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.