terça, 18 de junho de 2024

CART opera em sistema “Pare e Siga” em trechos da SP-225

Nesta segunda semana de agosto, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares vai operar em sistema “Pare e Siga” do km 262 até o km 289 da SP-225 Rodovia João Baptista Cabral Rennó, nos municípios de Espírito Santo do Turvo e Paulistânia. As intervenções serão necessárias para melhorias no pavimento. Em Espírito Santo do Turvo, na segunda-feira e terça-feira, dias 8 e 9 de agosto, as melhorias serão realizadas do km 286 ao km 289. Os trabalhos na rodovia serão realizados no sentido leste e oeste e será adotado o sistema “Pare e Siga” das 7h30 às 17h30.

Em Paulistânia, na terça e quarta-feira, dias 9 e 10 de agosto, as melhorias serão realizados do km 272 ao 280. Na quarta e quinta-feira, dias 10 e 11 de agosto, as melhorias serão realizados do km 262 ao 263. Os trabalhos na rodovia serão executados no sentido leste e oeste, com a adoção do sistema “Pare e Siga” das 7h30 às 17h30. Todos os locais que passarão por intervenções estarão devidamente sinalizados para a segurança do motorista no trecho.

Atenção, motorista!

Nos trechos onde há movimentação de máquinas e trabalhadores, o motorista deve respeitar a velocidade do trecho e a sinalização vigente e manter distância segura do veículo que vai à frente. O local estará devidamente sinalizado para a segurança do motorista. No entanto, a orientação aos motoristas que passarem pelo trecho durante a operação é redobrar a atenção à movimentação de veículos e não parar sobre a pista para observar o procedimento; a atitude aumenta o risco de acidentes, principalmente de colisão traseira.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A concessionária está inserida no Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, instituído em 1998 com a finalidade de suprir as necessidades de investimentos na infraestrutura de transportes, fundamentais ao desenvolvimento do Estado, bem como ao conforto e à segurança dos motoristas e usuários.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.