sexta, 19 de abril de 2024

Comitê Popular de Luta Permanente de Ourinhos revitaliza viela do bairro Recanto dos Pássaros

O evento contou com a participação de aproximadamente 50 moradores do bairro, na maioria crianças e adolescentes

 

 

Da redação

 

No último domingo, 29 de janeiro, o Comitê Popular de Luta Permanente de Ourinhos realizou no Bairro Recanto dos Pássaros uma ação de revitalização da Viela da Rua Maria José Milani. O evento, que contou com oficina de grafite coordenada pelos artistas Dope e Eddie Gralha, buscou sensibilizar os moradores e as moradoras do Recanto dos Pássaros sobre a importância da participação, da ação coletiva e da mobilização popular para a melhoria do bairro.

Estiveram presentes cerca de 50 moradoras/es, sua maioria crianças e adolescentes, além de ativistas, professores da escola PEI Professor Norival Vieira da Silva, que colaboraram com a divulgação e a organização da atividade, bem como membros do Comitê Popular de Luta responsáveis por desenvolver ações de comunicação e mobilização do Comitê, como Angélica Pereira e Matheus Oliveira. Os dois, além de terem apoiado o planejamento da atividade e a captação de recursos para a sua realização, fizeram uma caminhada pelo bairro na véspera do evento, passando de casa em casa para convidar os moradores e garantir que participassem.

Segundo Fabíola Munhoz, integrante do grupo coordenador do Comitê Popular de Luta Permanente, as fotos de antes e depois da viela mostram a diferença que pode fazer a organização coletiva para transformar e melhorar o bairro. “Foi possível modificar os muros da viela, saindo do concreto cinza e passando à união de diversas cores, desenhos, nomes e frases representativos da identidade de todas as pessoas que participaram da ação. O mais impressionante foi ver tantas crianças, jovens, pessoas adultas, inclusive pais e mães, junto com seus filhos, aprendendo a usar sprays, rolos e tintas para colocar um pouco do seu pensamento e da sua expressão nas paredes da rua, e assim deixando um registro a céu aberto de suas existências e resistências”, afirmou.

Também estiveram na organização da ação os moradores do bairro Andreia Santos e Danilo Santos, que são covereadores do Mandato Coletivo Enfrente (PT), junto com Roberta Stopa e Camilla Zaina Drumond. Os moradores do Recanto dos Pássaros Dionão e Sara também foram fundamentais para realização da atividade e, no dia anterior ao evento, providenciaram a limpeza da viela onde tudo aconteceu.

“Eu, como representante da cultura hip-hop, entendo que essas ações são de extrema importância para a periferia por promover olhares e levar o conhecimento da arte de rua, fazendo entender, dentro da oficina, que o grafite traz mensagens políticas, sociais, humanitárias, culturais, mas sobretudo artísticas. Nosso objetivo é levar pra periferia a arte que é da periferia”, destacou Danilo Santos.

Assim como Roberta Stopa e Camilla Drumond, marcou presença no evento o ativista Mário Ferreira, que é secretário de Comunicação do Partido dos Trabalhadores (PT) e um dos articuladores e idealizadores do Comitê, junto com Roberta, Adolar José Raimundo, integrante do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e outras lideranças de partidos políticos progressistas e movimentos sociais da cidade. “Todas as pessoas que participaram, e especialmente o Comitê Popular de Luta Permanente, os artistas e os professores envolvidos, estão de parabéns pela iniciativa! Viva a arte e viva a cidadania!”, felicitou Mário Ferreira.

 

OPORTUNIDADES – De acordo com Marcelo Ferreira, integrante do grupo coordenador do Comitê Popular de Luta Permanente, o evento foi pensado e organizado por pessoas que, como cidadãos, entendem a importância de criar novos espaços de aprendizagem para a comunidade e para quem não tem acesso a oportunidades. “A pandemia escancarou para mim a necessidade de fazer algo pelo próximo. Será que para essas pessoas, além de faltar comida, não faltam espaços de cultura e aprendizagem para que elas não permaneçam como engrenagens de um sistema em que apenas sobrevivem?”, enfatizou.

A Vereadora Roberta Stopa (PT), representante do Mandato Coletivo Enfrente, também participa ativamente do Comitê Popular de Luta Permanente de Ourinhos e ficou imensamente satisfeita com o resultado da ação promovida: “Foi uma manhã linda e colorida! Ver crianças e adolescentes fazendo arte, e ainda aprendendo sobre a importância da apropriação dos espaços públicos, foi muito gratificante. E sabemos que nada disso aconteceria sem a organização do Comitê Popular de Luta Permanente de Ourinhos. Parabéns a todos os envolvidos e que venham muitas atividades coletivas e populares!”.

Milene Melo, uma das coordenadoras do Comitê também esteve presente na ação e ficou muito satisfeita com o resultado: “Vivenciar o momento em que os membros da comunidade se apropriam do espaço para realizar a transformação através da arte é a prova de que ações coletivas são fundamentais e necessárias para a convivência comunitária, o cuidado com o bairro e um momento para o diálogo”.

PreviousNext

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.