terça, 21 de maio de 2024

Corpo da atriz Eva Wilma é enterrado em São Paulo no domingo, 16

A atriz tratava um câncer de ovário, estava internada no Hospital Albert Einstein e faleceu na noite do último sábado

 

Da redação

 

Na noite do sábado, 15, fãs de todo o mundo sentiram a perda de uma estrela da tv brasileira, a atriz Eva Wilma, falecidas aos 87 anos, vítima de um câncer no ovário.

O corpo atriz Eva Wilma, foi enterrado na tarde do domingo (16) em São Paulo, sob grande comoção de fãs, amigos e familiares, que se manifestaram através das redes sociais, deixando mensagens de pesar e lindas homenagens. Para não causar aglomerações, a família da atriz optou por não divulgar o local e nem o horário do sepultamento.

 

Eva Wilma faleceu aos 87 anos, após aproximadamente 70 anos de carreira

 

Ela enfrentava um câncer de ovário e estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde o dia 15 de abril para tratamento de problemas cardíacos provenientes do tumor, diagnosticado no dia 8 de abril.

Antes de ser internada, ela postou uma foto em suas redes sociais em que aparecia ensaiando o texto para gravar o filme “As Aparecidas”.

Eva Wilma Riefle Buckup nasceu em 14 de dezembro de 1933 na cidade de São Paulo. Ela iniciou a carreira artística aos 19 anos, no Ballet do IV Centenário de São Paulo, mas abandonou a dança pouco depois, quando recebeu convites para integrar o Teatro de Arena e o programa “Alô Doçura”, da TV Tupi.

Ao longo da carreira, Eva estrelou dezenas de novelas. Seu último trabalho para a TV foi em 2015, em “Verdades Secretas”, na qual interpretou Dona Fábia, uma alcoólatra, amargurada e aproveitadora, que extorquia o filho Anthony (Reinaldo Gianechini). Eva também foi premiada pelo projeto.

Apesar do extenso trabalho na TV, Eva nunca abandonou a carreira no teatro, recebendo inúmeros prêmios por seus trabalhos no palco. Em “Queridinha Mamãe” (1994), recebeu os troféus dos prêmios Molière, Shell e Sharp.

 

Homenagem

Em janeiro de 2020, ela foi a grande homenageada do Prêmio Cesgranrio de Teatro, no Copacabana Palace, no Rio. E, no discurso de agradecimento, falou sobre a importância do trabalho dos atores.

“Amo o ator por se emprestar inteiro para expor os aleijões da alma humana com a única finalidade de que o público se compreenda, se fortaleça e caminhe no rumo de um mundo melhor a ser construído pela harmonia e pelo amor”, afirmou.

 

(Com conteúdo G1)

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.