sábado, 22 de junho de 2024

Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal podem não realizar mais concursos públicos em Ourinhos

Alexandre Mansinho

A Caixa Econômica Federal publicou uma instrução normativa que permite a contratação de “bancários temporários” – isso, na prática, é o fim das contratações por meio de concursos públicos. Sindicalistas ouvidos pelo Jornal Negocião afirmam que esse é apenas o começo do que eles chamam de “terceirização em massa”. 

Em Ourinhos, tanto a Caixa Econômica Federal quanto o Banco do Brasil nem cogitam a possibilidade de vagas por concurso público: além da possibilidade de contratação de temporários, as agências da Caixa e do BB do município contam com um número de funcionários acima do necessário e têm programas de demissão voluntária em curso. Nos Correios, a necessidade de funcionários também é inexistente – a diminuição da demanda e a terceirização de diversos serviços tornam quase nula a possibilidade de concursos públicos.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.