quinta, 18 de julho de 2024

DIG recupera animais furtados de fazendas da região e trabalha para prender ladrões

Publicado em 31 mar 2016 - 08:06:33

           

Da redação

Através do trabalho de investigação com cruzamento de informações, os civis da DIG recuperaram na tarde de terça-feira, 29/3, 18 bois sendo 12 furtados no último dia 14 de um sítio em Santa Cruz do Rio Pardo e três furtados de um sítio na cidade de Manduri. Os animais estavam num pasto alugado nas margens da Rodovia Raposo Tavares. 

Em entrevista exclusiva o delegado titular da especializada, Dr. João Ildes Beffa, informou que os três integrantes da quadrilha, que é de Ourinhos, já foram identificados mas não foram presos, o que não descarta a possibilidade de ter mais participantes, “estamos analisando a necessidade do pedido da prisão temporária por furto e associação criminosa, caso não houver colaboração nas investigações, vamos solicitar junto ao Juiz da Comarca a prisão temporária”, esclareceu o delegado. 

De acordo com Beffa a quadrilha vem praticando vários furtos não só nas cidades citadas acima, como também em Ribeirão do Sul/SP. São Pedro do Turvo/SP e Ubirajara/SP. As 18 cabeças de gado recuperadas foram devolvidas para seus proprietários e dois bois levados para um pasto destinado a animais perdidos e recuperados pela Prefeitura Municipal, uma vez que até o momento o dono não se manifestou.

A ação da polícia civil contou com o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos para a captura do gado. O pasto onde os animais foram encontrados é de responsabilidade de um aposentado que afirmou ter alugado a área para um rapaz muito simpático, cobrando um real por cabeça de gado e que inclusive comprou sete bois dele.

O delegado Beffa finalizou dizendo que as investigações ainda estão em andamento, sendo que na manhã de quinta-feira, 31/3, mais sete bois furtados na cidade de Ubirajara/SP foram capturados e solicitou que se houver mais casos de gado furtado, que os responsáveis entrem em contato com a delegacia de sua cidade para que posteriormente a DIG seja informada.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.