quinta, 18 de abril de 2024

Dirigente de ensino desmente notícias de suposto massacre em escolas de Ourinhos

Secretário da Educação e GCM também tranquilizam pais e falam sobre segurança nas escolas

 

Da redação

 

Informações equivocadas que surgiram através de postagens na internet sobre um suposto massacre em escolas ourinhenses deixou familiares de estudantes preocupados nos últimos dias. O assunto surgiu após a tragédia ocorrida em uma escola em Blumenau/SC, onde quatro crianças foram mortas e outras feridas, fato que chocou todo o país.

Segundo a Dirigente de Ensino de Ourinhos, Sandra Regina Andrade de Oliveira, pais e alunos ourinhenses podem ficar tranquilos que tudo não passa de uma brincadeira de alunos.

“Foi tudo um mal entendido, os alunos fizeram uma brincadeira, os pais foram chamados para uma conversa, foi conversado com os adolescentes, mas tivemos que acionar a polícia, fazer um boletim de ocorrência, pois é procedimento nosso e precisamos fazer, mas não que estava marcado um massacre, tudo foi esclarecido, as crianças negaram (…) quando alguns meios de comunicação fizeram as postagens, para nós já estava tudo resolvido entre os professores, diretores, os pais e as crianças”, relatou a dirigente.

Prevenção foi um dos temas discutidos em reunião

 

REUNIÃO ENTRE POLÍCIA E LIDERANÇAS ESCOLARES – Sandra Regina informou ao Negocião que em decorrência de alguns episódios de ataques em escolas ocorridos nos últimos dias o comando da Polícia Militar de Santa Cruz do Rio Pardo se reuniu com diretores e coordenadores de escolas municipais estaduais e particulares de Santa Cruz, São Pedro do Turvo e Espírito Santo do Turvo, para discutir, traçar estratégias e afastar dúvidas quanto aos procedimentos em casos de atos infracionais, violência, ameaça, agressões, envolvendo crianças e adolescentes em ambiente escolar.

“Nós estivemos reunidos hoje em Santa Cruz, com o comandante de polícia, promotor, discutindo em rede o problema da violência nas escolas, esclarecendo dúvidas, onde o Capitão Viol nos tranquilizou, foi maravilhoso nos protocolos de segurança que ele nos passou”, ressaltou Sandra, afirmando ainda que uma reunião com as escolas estaduais de Ourinhos será realizada ainda este mês de abril.

Capitão Viol em reunião na cidade de Santa Cruz

 

SEGURANÇA NAS ESCOLAS – Pelas redes sociais, o Secretário de Educação da cidade, Lucas Suzuki, se manifestou ao lado dos Guardas Civis Municipais, Walace e Lucas Morales, e falou sobre ações que já vem sendo desenvolvidas no município para coibir a violência nas escolas, a fim de tranquilizar a população.

De dentro da Central de Videomonitoramento, eles mostraram em tempo real, como são monitoradas as escolas de Ourinhos, seu interior, horário de recreio das crianças, portão de entrada e saída.

“Todas as 45 escolas do município têm monitoramento. Só na escola Caic existem 16 câmeras de monitoramento”, garantiu Lucas Morales.

Suzuki com Lucas Morales

Suzuki informou que a secretaria municipal de educação e a GCM têm uma parceria muito forte, além de orientação constantes que são passadas aos gestores sobre a condução de todo o processo de observação, escuta, instalação de travas nas unidades, portões eletrônicos, interfone, exigência de identificação.

“Pedimos que os diretores ao sinal de qualquer ameaça, suspeita, informe a secretaria de educação e GCM, que tem feito um trabalho muito forte de prevenção nas escolas”, pediu o secretário.

Sobre o pedido da população de colocar uma viatura da GCM em cada escola, o guarda civil Walace explicou que o efetivo ainda é reduzido por ser a primeira turma de guardas, mas que toda a equipe de guardas tem se desdobrado para oferecer segurança à população.

“Posso garantir que o apoio é suficiente, e a cada solicitação o efetivo consegue enviar uma esquipe, se desdobrar, fazer mais de uma escola, posso garantir que a população pode ficar tranquila quanto às escolas, a gente consegue efetuar um patrulhamento ostensivo e preventivo de acordo com os preceitos de segurança”, afirmou Walace.

Guarda Civil Walace

Os guardas finalizaram deixando o número de contato para acionamento da GCM, o 153, reforçando que o atendimento é rápido.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.