sábado, 15 de junho de 2024

Duke Energy publica seus Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento

Da redação

Quem atua no setor elétrico brasileiro, realiza estudos acadêmicos sobre ele ou simplesmente se interessa em conhecer projetos inovadores que fazem frente aos desafios de produzir energia elétrica no País já pode consultar o Anuário de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Duke Energy, versão 2015. A companhia – que opera oito usinas hidrelétricas no Rio Paranapanema, na divisa dos Estados de São Paulo e Paraná, e duas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Rio Sapucaí-Mirim, no Nordeste paulista – disponibiliza seus principais projetos realizados nesse período e os que ainda estão em andamento. Para consultá-los, basta acessar o link http://multidesign.uberflip.com/i/590118-p-d-duke-2015.

Os projetos alcançaram uma taxa de aprovação de 100% por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com o presidente da Duke Energy, Armando de Azevedo Henriques, mesmo em um “cenário desafiador”, a companhia investiu, em 2014, R$ 6,7 milhões para projetos de P&D. “Superamos em 36% a meta regulatória de investimentos e finalizamos seis projetos, que contribuíram com ganhos de eficiência não apenas para a empresa, como para todo o setor elétrico brasileiro”, expõe Henriques. 

Os projetos abrangem áreas como a de Operações, Regulatória, Meio Ambiente, Riscos, Finanças e Responsabilidade Social. Dentre os que terão impacto imediato nas atividades da empresa e contribuições relevantes para o setor, Henriques destaca: o de gerenciamento de riscos corporativos; de monitoramento via imagem de satélite do entorno de reservatórios; o desenvolvimento de sistema computacional para precificação de contratos bilaterais de energia elétrica; e o protocolo para a identificação de espécies de peixes para a atividade de repovoamento.

“Para os próximos anos, o intuito é seguir buscando projetos inovadores nas áreas mais variadas possíveis e continuar a desenvolvê-los com acompanhamento rigoroso, mantendo a efetividade e a taxa de aprovação, de forma a contribuir com a empresa, o setor, o País, e ainda com os empregados da companhia e as instituições de pesquisa”, ressalta o presidente. Por meio dos projetos de P&D, a Duke Energy contribui com a formação de profissionais de universidades, servindo de apoio para teses de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

A Duke Energy Brasil opera e administra oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim, com um total de 2.274 megawatts (MW) de capacidade instalada. Em 2014, a companhia gerou 11,2 milhões de MWh, energia suficiente para abastecer 5,6 milhões de famílias ou 22 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.