quinta, 13 de junho de 2024

Estamos nos sentindo ilhados, reclamam moradores do Jd. Júlia

Hernani Corrêa

Gisele Cristina Bengozi mora no Jardim Julia há três anos, na Rua Lázaro José Pereira, 132. O bairro é novo e está situado ao lado do Jardim Santa Felicidade, abaixo da linha férrea, próximo a Cohab. 

Ela procurou a reportagem para mostrar o descaso que a prefeitura de Ourinhos tem em relação à região onde existem aproximadamente 150 casas e quase 1.000 moradores, segundo ela.

“A rua que consta no projeto da prefeitura como continuação da Julio Mori, após a passagem de nível, desde que moro aqui há três anos é de terra. Quando chove muito, vira lama, reclamamos eles vêm e jogam um pedrisco. Quando seca, levanta um poeirão com a passagem dos carros”, reclama a moradora.

“Na parte de baixo do bairro, onde há um outro acesso, os buracos são enormes porque as ruas não possuem galerias, vem toda a água da Cohab e empoça aqui na rua de trás de casa, por exemplo. E existe uma quadra no bairro que a prefeitura informa que é da ALL – América Latina Logística, que vive cheia de mato e não pode fazer uma rua de acesso ao Jardim Bandeirantes”, esbraveja Gisele. 

Ruas interminadas – Segundo constatou a reportagem, a rua que passa ao lado do córrego, que daria acesso ao 36 T e ao 24 T não está terminada, também é de terra. “Quer dizer, temos terra em todos os acessos ao bairro”, observa a reclamante.

Acesso restrito –  Segundo Gisele, “a ALL também cercou e fechou o nosso acesso a COHAB, deixando apenas uma passagem para tomarmos o ônibus na Cohab, que é mal iluminada, onde os usuários de drogas se reúnem. Estamos cercados por má vontade da prefeitura que não faz nada”.

Frustração – “Tem gente que reclama de buracos nas ruas, no nosso caso é pior, pois não temos nem o asfalto. Se quisermos fazer uma caminhada, temos a pista da Cohab, que também está horrível. Nós tínhamos muita expectativa quando mudamos aqui, o bairro é novo, e depois do surgimento do Santa Felicidade I e II, estamos em mais de 150 casas, achamos que iria melhorar, mais nada, lamenta a moradora.

Outro lado – A reportagem ouviu Gustavo Gomes, coordenador de Urbanismo da Prefeitura de Ourinhos. Segundo ele, tanto a rua de acesso à parte de cima do bairro quanto na parte de baixo, são prejudicadas pela área que pertence à ALL entre os bairros Jardim Júlia e Jardim Bandeirantes. Que a mesma já foi negociada e será loteada, somente aguarda a finalização legal da documentação. Neste caso, o próprio loteador fará a rua corretamente para facilitar o acesso aos moradores. Mas prometeu agilizar com o Departamento Jurídico da prefeitura a possibilidade da Secretaria de Obras concluir a rua de acesso na parte de baixo do bairro.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.