terça, 18 de junho de 2024

Evaldo Pereira reassume com Secretário de Esportes

José Luiz Martins

É voz corrente entre agentes e pessoas ligadas ao meio esportivo, que nos primeiros dois anos da gestão Belkis Fernandes houve um arrefecimento na atividade esportiva na cidade, no fomento do setor e falta de políticas públicas mais abrangentes e consistentes para a área. A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer é responsável por planejar, organizar, coordenar, orientar, executar, controlar e fiscalizar as atividades relativas ao desporto e ao lazer no município. Com todas essas incumbências e responsabilidades o setor exige uma eficiente articulação entre os indivíduos do quadro funcional da secretaria relacionados a essas ações, para que haja compreensão de como implantar e executar os projetos e atividades da pasta. Entre outros, esse parece ser um grande problema da gestão no setor, refém das indicações apenas com critérios políticos para contratação de gestores, professores, monitores, muitos não qualificados. 

Na tentativa de reverter esse quadro, na última sexta-feira (13), a Prefeita Belkis Fernandes anunciou que Evaldo Pereira será o Secretário Municipal de Esportes e Recreação que irá substituir o ex-jogador de futebol Newmar Sackis no comando da pasta desde meados de 2012. Na ocasião a imprensa foi convocada para uma entrevista coletiva onde Evaldo Pereira discorreu genericamente dizendo que suas atribuições são orientar, apoiar e desenvolver o desporto, a recreação e o lazer, estimulando as práticas formais e não formais no município com vistas à expansão potencial existente.

Para o novo secretário, administrar a área implica também em controlar a utilização e zelar pelas praças e equipamentos esportivos públicos gerindo a infraestrutura, protegendo e otimizando o patrimônio desportivo. Vê a necessidade que convênios com órgãos, entidades e o setor privado sejam firmados objetivando atividades relativas ao desporto e ao lazer. Organizar campeonatos, torneios, competições e encontros regionais esportivos, preparar programas e calendários esportivos também foram elencados como atividades que devem ser desenvolvidas.

Evaldo Pereira é professor de Educação Física e trabalha no serviço público há pelo menos duas décadas e já esteve à frente da secretaria entre 2009 e 2012, gestão do ex-prefeito Toshio Misato. Uma de suas preocupações é realizar parcerias com a Secretaria de Educação com a possibilidade de extensão do horário escolar com turnos em sala de aula e com a prática de esportes. Salientou ainda que os atletas, crianças e adultos, atendidos pela secretaria em todas as modalidades devem ter treinamento acompanhado de competições nos finais de semana que servem também como lazer. Sobre as modalidades federadas de médio e alto rendimento patrocinadas pela secretaria como atletismo, natação, tênis de mesa, basquete, judô e karatê, disse que elas dependem muito do orçamento e um planejamento adequado, é destinado aos jovens que pretendem ser atletas de ponta e se profissionalizarem. 

 Entre outras abordagens o novo secretário falou também sobre o futebol, uma das modalidades com mais adeptos em uma cidade que não tem mais campeonato amador. Pereira declarou-se sabedor do que deve ser feito para o seu incremento. A começar para adequação das praças esportivas destinadas ao futebol, pretende manter o varzeano, mas também torneios escolares e o retorno do campeonato amador. 

Questionado sobre a iminência do fim do Clube Atlético Ourinhense, seu patrimônio e equipamentos para a prática do futebol, natação e as possibilidades de ser um polo de esportes e lazer para a comunidade, argumentou que embora o clube seja uma entidade privada, uma maior atenção será dada a essa questão que ainda deve ser avaliada sob vários aspectos como o papel do poder público no que se refere à preservação daquele patrimônio. Sobre a descentralização de atividades esportivas, anunciou que pretende apoiar as associações de moradores a desenvolver a prática de esportes nos bairros. Especificamente falando sobre O CSU – Centro social Urbano na Barra Funda, um espaço que favorece a prática de esportes e lazer, o secretário destacou que vai fazer um levantamento da situação ali, considerando que o CSU é muito importante, pois abrange uma grande região carente de praças esportivas.

Evaldo Pereira Santos trabalha na secretaria de Esportes há 26 anos, tendo atuado como técnico das seleções de futsal de Ourinhos, além de lecionar na rede municipal de ensino. Integra o Partido dos Trabalhadores de Ourinhos (PT) pelo qual concorreu a vereança em 2012.

Questionado sobre as implicações de sua nomeação junto ao partido, já que o PT em Ourinhos não compõe a base de apoio do governo Belkis, respondeu: “Posso dizer que o convite da prefeita foi pela minha experiência e trabalho que desenvolvi anteriormente, conheço como funciona a secretaria e sei o que deve ser feito. Eu sou um profissional e uma pessoa correta, assim que recebi o convite conversei com o presidente do partido e expliquei minha situação e a intenção de assumir a função”.

Evaldo declarou ainda que em nenhum momento a prefeita Belkis fez exigências políticas, negou que tenha que se transferir para o PMDB para integrar a equipe de governo. “Aceitei, sou servidor público e almejo um plano de carreira, é um convite pessoal da Belkis e o meu compromisso é com a prefeita. A política vou deixar para um segundo momento”. 

Consultado pela reportagem, o presidente do PT de Ourinhos Mário Ferreira disse que foi procurado e informado sobre a questão que implica exclusivamente em uma decisão pessoal do novo secretário. O partido não foi consultado oficialmente e em nenhum momento participou de conversações com a administração sobre o assunto, o fato de um integrante do partido participar dessa administração sem o apoio da sigla ainda será discutido pelo diretório. 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.