quinta, 18 de julho de 2024

Ex-prefeito de Ourinhos Mithuo Minami morreu aos 78 anos em SP

Publicado em 02 nov 2015 - 02:33:02

           

Rose Pimentel Mader

O engenheiro civil e ex-prefeito de Ourinhos Mithuo Minami, 78 anos, faleceu no dia 26 em São Paulo e foi sepultado na terça-feira, 27, na cidade de Arujá. Em Ourinhos, amigos, lideranças da comunidade e companheiros da vida política de Mithuo lamentaram a sua morte e manifestaram solidariedade à família. A prefeita Belkis Gonçalves Fernandes decretou luto oficial de três dias no município.

Mithuo Minami ocupou cargos importantes na vida política do município de Ourinhos e no governo do Estado de São Paulo e também teve uma trajetória profissional bem sucedida. Foi professor, vereador, vice-prefeito e prefeito de Ourinhos no período de 3 de julho de 1969 a 31 de janeiro de 1973, diretor técnico e presidente da CONESP e assessor do Ministério de Minas e Energia.

Concluído seu mandato como prefeito, Mithuo mudou-se com a família para São Paulo. Em fevereiro de 1979, a convite do governador Paulo Salim Maluf, assumiu o cargo de diretor técnico da Companhia de Construções Escolares – CONESP e em maio assumiu o cargo de presidente, função que desempenhou até fevereiro de 1982, quando teve que se descompatibilizar para ser candidato a deputado. Foi também delegado da convenção nacional da Arena.

Nos últimos anos de sua vida Mithuo atuou na área de Engenharia, e mais recentemente participava com a família de uma empresa de importação, além de prestar assessorias a alguns prefeitos. Foi homenageado com títulos de cidadania de 79 cidades, entre as quais de Ourinhos e também de cidades do Paraná.

 Grande liderança – Foi um dos responsáveis pela implantação do ensino superior em Ourinhos (Faculdades Integradas de Ourinhos), um dos fundadores da Associação dos Engenheiros Arquitetos e Agrônomos da Região de Ourinhos (AERO), teve ativa participação na Associação Esportiva e Cultural de Ourinhos (AECO), na Feira Agropecuária e Industrial de Ourinhos (FAPI) e em diversos outros setores da comunidade ourinhense.

Família – Filho de Teijiro Minami e Tieco Minami, Mithuo nasceu em Santa Mariana, então, distrito de Bandeirantes-PR. Seus avós vieram para o Brasil em 1927, deixando a Província de Hiogo, no Japão, fixando-se como imigrantes na lavoura cafeeira da região de Serrana – Mogiana-SP. Em 1931 fixaram-se em Andirá-PR, na qualidade de meeiros na lavoura cafeeira, na Fazenda das Antas e, em 1935,  em Santa Mariana, sempre atuando no segmento cafeeiro. 

Seus pais, com recursos provenientes dessas propriedades, formaram três engenheiros e dois advogados. Mithuo se casou em 1963, com Alice Siduko Koga Minami e teve três filhas, Márcia (engenheira), Silvia Regina (engenheira) e Sandra Cristina. Mithuo cursou Engenharia na Universidade Federal do Paraná e teve uma vida profissional bem sucedida. Em 5 de outubro de 1966 juntamente com o arquiteto Sérgio Leite Monteiro e um grupo de profissionais da Engenharia entre eles os quais Luiz Augusto de Carvalho, Antonio de Mello Moraes, Ralph Luiz Amaral Stahel, Benedito Rodrigues Ferreira, Carlos Faria de Azevedo e Alberto Vieira de Carvalho, sócio número 1 (um) da entidade, foi um dos fundadores da AERO. 

A prefeita Belkis Gonçalves Fernandes e o vice-prefeito Gilberto Severino lamentaram a morte de Mithuo e destacaram a sua atuação política e profissional em Ourinhos.

“O engenheiro Mithuo Minami além de ter sido um bom Prefeito de Ourinhos no período de julho de 1969 a 31 de janeiro de 1973, foi também presidente da Companhia Estadual de Construções Escolares do Estado de São Paulo a convite do governador Paulo Maluf, quando foi considerado um dos melhores presidentes daquele órgão. Construiu e reformou muitas escolas, a meu ver foi o que mais realizou. Foi também vice-prefeito de Ourinhos de 1º de janeiro de 1977 a 31 de janeiro de 1983 quando fui prefeito”, recordou o engenheiro e ex-prefeito Aldo Matachana Thomé.

Os dirigentes da Fundação Educacional Miguel Mofarrej (FEMM), industriais Roque Quagliato e Nildo Ferrari também externaram solidariedade à família e destacaram a ativa e importante participação de Mithuo, convocando empresários e lideranças comunitárias para a implantação das FIO.

Nota da Redação

Mithuo manteve sempre vivo seus laços com Ourinhos – Mithuo Minami retornou algumas vezes a Ourinhos, por ocasião da realização da Fapi e no lançamento do Livro FEMM 40 anos, no qual é um dos principais entrevistados como o prefeito que liderou a campanha para a instalação da primeira faculdade de Ourinhos. Fez questão de participar do evento comemorativo a convite dos dirigentes da FEMM ao lado da esposa Alice.

Em 2010, Mithuo nos recebeu com muito carinho em sua residência na Vila Mariana e durante horas falou sobre sua trajetória política, profissional e sobre a luta para a instalação da primeira faculdade em Ourinhos, recordou de todos os amigos, empresários e lideranças que ajudaram a constituir a FEMM que se transformou numa das principais instituições de ensino do Estado de São Paulo como mantenedora das FIO e do CSA Objetivo e não escondeu a sua alegria em ter sido lembrado para o registro no livro histórico e saber que as ações empreendidas na época resultaram num grande empreendimento educacional que já formou milhares  de profissionais. Mithuo relatou com entusiasmo uma luta que foi abraçada com amor por ele e por tantos outros abnegados que sabem que a Educação é sinônimo de futuro e da prosperidade para um país. Guardamos para sempre seu rosto emocionado e o carinhoso abraço ao chegar no Campus das FIO para a festa dos 40 anos da FEMM e lançamento do livro.    

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.