quinta, 22 de fevereiro de 2024

Faculdade do Comércio é homologada pelo Ministério da Educação e já é uma realidade

Ourinhos poderá ser polo de ensino da faculdade do comércio, que já tem 4 cursos EAD homologados pelo MEC

 

Da redação

 

Está chegando uma grande novidade para Ourinhos e região: a Faculdade do Comércio. Com 4 cursos homologados pelo Ministério da Educação (MEC), as Associações Comerciais, da rede da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), poderão ser polos de ensino.

A homologação aconteceu na segunda-feira (28) e foi motivo de comemoração. Quatro cursos foram reconhecidos: Tecnologia em Gestão Logística; Tecnologia em Gestão Comercial; Tecnologia em Recursos Humanos e Sistemas para Internet (comércio eletrônico). A graduação em Administração de Empresas segue em análise no MEC.

 

Os cursos são focados na área comercial, abrangendo verejo, empreendedores individuais, prestadores de serviços, entre outros

 

“Com um objetivo diferenciado das outras faculdades, a Faculdade do Comércio é focada ao público das Associações Comerciais: comércio, varejo, empreendedores individuais, prestadores de serviços, entre outros. São cursos para formar grandes líderes do setor. É um avanço na área da educação, cursos com foco exclusivo, uma grande conquista. Em breve teremos mais novidades para a população.”, destacou o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos, Robson Martuchi.

O pedido de credenciamento, tanto do ensino a distância quanto da modalidade presencial, foi feito em 2018. Doze comissões e 36 avaliadores do Ministério analisaram as solicitações. Os cursos presenciais, oferecidos na capital de São Paulo, foram aprovados em dezembro de 2019, com notas máximas.

“Os polos de ensino nas ACs vão capacitar, atualizar e tornar o comércio e os empreendedores ainda mais competitivos e preparados para as tendências do mercado”, afirmou o presidente da Facesp, Alfredo Cotait Neto.

O professor Roberto Macedo, diretor acadêmico da Faculdade do Comércio, destaca que ao serem polos, as Associações Comerciais passam a ter a oportunidade de “revolucionar a maneira como se ensina o comércio e o varejo para os pequenos e médios empreendedores”. “Elaboramos um projeto pedagógico de altíssima qualidade focado no desenvolvimento de competências necessárias ao profissional do mercado digital”, garantiu Macedo, que é Doutor em Economia pela Universidade Harvard.

 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.