segunda, 15 de abril de 2024

FELIZ PÁSCOA: Queridos irmãos e irmãs, Cristo ressuscitou!

“Porque buscai entre os mortos aquele que vive? Não está aqui, mas ressuscitou” (Lc 24,5-6)

 

Por Dom Eduardo Vieira – Bispo da Diocese de Ourinhos

 

Proclamamos que ele, o Senhor da nossa vida, é “a ressurreição e a vida do mundo!” (Jo 11,25)

A cada ano, na Páscoa, os cristãos católicos celebram solenemente a vitória de Cristo sobre a morte.

Desta vitória, que Deus Pai concedeu ao seu filho Unigênito, todo ser humano é chamado a participar. A Ressurreição de Cristo já é nossa vitória, pois se com Cristo morremos, com Ele ressuscitaremos (Rm 8,8).

A Palavra “Páscoa” remonta ao ambiente semita, cujo significado é “passagem”.

Para nós, é a passagem da morte para a vida, do pecado para a Graça! Se não fizermos essa “passagem”, não há Páscoa!

A fé na ressurreição possibilita, já nesta vida celebrar e testemunhar a verdade que salva o mundo, libertando o ser humano do egoísmo e do pecado e tornando-o participante da vida divina.

 

 

“Não tenhamos medo de abrir as portas a Cristo!” (São João Paulo II)

Celebrar a Páscoa na liturgia da Igreja é proclamar que a aurora de um novo tempo continua a despontar, como o amanhecer radiante daquele primeiro dia em que, aos pés do sepulcro vazio, a esperança renasceu no coração das mulheres e dos discípulos.

“Este é o dia que o senhor fez para nós, alegremo-nos e n’Ele exultemos (Sl 117,24).

Acolhamos como nosso programa de vida para esta Páscoa, as palavras de São Paulo:

“Como eleitos de Deus, santos e amados vesti-vos com sentimentos de compaixão, com bondade, humildade, mansidão, paciência. Suportai-vos uns aos outros e, se um tiver motivo de queixa contra o outro, perdoai-vos mutuamente!

 

Que a Palavra de Cristo habite em nós abundantemente!

Tudo o que disserdes ou fizerdes que seja sempre no nome do Senhor Jesus, por Ele dando graças a Deus Pai (Cf Cl 3,12-17)

Que a Páscoa seja cada um de vós, queridos irmãos e irmãs, em particular para os doentes e pobres, os idosos e quantos atravessam momentos de provação e dificuldade, uma passagem de tribulação à consolação!

Não estamos sozinhos, Jesus, o Vivente está conosco para sempre!

“Que a Paz seja escolhida!” (Papa Francisco)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.