sexta, 01 de março de 2024

Fim de férias: seu carro merece atenção!

Da redação

Da mesma forma que é necessário programar manutenções dos veículos antes das tão sonhadas viagens de férias, quando voltamos também é preciso tomar alguns cuidados. Se você viaja para a praia, precisa cuidar do seu carro quando chega. Isso porque o calor excessivo, a maresia e a areia podem provocar sérios danos ao seu possante.

Um dos principais riscos para os veículos na praia é a famosa maresia, esse “arzinho” tão gostoso do litoral, que provoca danos ao seu carro, pois essa brisa é formada por microgotículas de água que sobem quando uma onda arrebenta no mar. Como esse spray de água está cheio de sais dissolvidos, ao entrar em contato com o carro ele provoca a oxidação, processo de corrosão acelerada da lataria, e isso causa a tão temida fer-ru-gem!

Para evitar problemas com a maresia, o melhor sempre é estacionar o carro em estacionamento fechado e coberto, principalmente pela noite já que é durante a madrugada que os danos da brisa do mar são mais intensos para a lataria do carro.

Evite de todas as maneiras estacionar na areia. Prefira sempre espaços asfaltados ou com vegetação. A areia contribui para a corrosão e pode acelerar o processo de ferrugem, principalmente em partes da lataria que estão sem pintura (aquelas com batidinhas leves ou riscos).

Se a sua viagem foi rápida na praia, basta uma boa lavagem no carro e uma inspeção na bateria e no sistema de injeção eletrônica. Mas se você ficou mais de 15 dias, é recomendado fazer uma lavagem especial no seu veículo, com a remoção dos bancos, carpetes e feltros para aspirar todas as sujeiras e ainda também fazer a limpeza do motor. Neste tipo de limpeza, devem ser adotados produtos neutros.

Devem também verificar itens como terminais de bateria, conectores elétricos, filtros de ar, coifas e equipamento de lubrificação, checando se eles estão livres de água e areia.

Carros expostos à maresia podem ter equipamentos como os conectores do sistema de injeção eletrônica e da bateria sujeitos à oxidação, provocando falhas no funcionamento.

A parte inferior do veículo exige um cuidado especial. Muitos motoristas adotam o uso do óleo de mamona, mas essa é uma proteção de curta duração. E o uso desse óleo não dispensa na volta da viagem uma lavagem completa para a retirada do produto e de toda a sujeira acumulada.

Outros itens a serem observados são a caixa de direção e os amortecedores. Resíduos de areia e sal podem romper as coifas do amortecedor, comprometendo o desempenho da suspensão do veículo.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.