sexta, 24 de maio de 2024

Galeria Container aproxima público das peculiaridades da linguagem fotográfica

Da redação

A Galeria Container chega a Ourinhos no dia 28 de novembro. Inaugurado em São Paulo no dia 17 de outubro, o projeto é dos fotógrafos Davilym Dourado e Tatiana Nolla e o curador convidado para essa primeira etapa é Wladimir Fontes. Além de levar uma exposição fotográfica para municípios do interior do estado, a Galeria Container promoverá diversas atividades e mapeará artistas locais, em um módulo de container marítimo, com aproximadamente 50 metros quadrados totalmente adaptados para realização de exposições, oficinas e vivências. 

A presença da fotografia na vida das pessoas, hoje, é constante. Enquanto artistas a adotaram como forma de expressão pessoal, o cidadão comum utiliza-se dela, cada vez mais, para registros cotidianos. Como consequência, surgiram também espaços e galerias especializadas em expor esse tipo de arte. “O problema é que esses espaços ainda se concentram em bairros centrais de grandes centros urbanos, restringindo o acesso do grande público a tais exposições”, avalia Davilym Dourado. “Com a Galeria Container, queremos levar a fotografia, na forma de exposição e também como conceito, até as pessoas que não costumam visitar essas galerias”, justifica. 

Para essa primeira etapa, o curador Wladimir Fontes selecionou os seguintes fotógrafos para a exposição “{Conteúdo} paisagem”: Ana Beatriz Elorza, Daniel Ducci, Fernando Cohen, Flalbert Cecconato, Ilana Bar e Marcelo Marsan. A Galeria Container permanecerá em Ourinhos de 28 de novembro até 6 de dezembro, na Praça Melo Peixoto. Além da exposição, haverá oficinas e encontros. 

 

Serão realizadas três oficinas na cidade. Com dois encontros, a oficina “Fotografia Básica” apresentará conceitos fundamentais e técnicas da fotografia digital, com duração de dois encontros, incluindo uma saída fotográfica. Quem gosta de fotografar com o celular não pode perder a oficina “(Cel)grafia – fotografia com celular”, que também terá dois encontros e pretende apresentar recursos e aplicativos para a realização de fotografias com dispositivos móveis. A outra oficina que será oferecida em Ourinhos chama-se “Revelando a cidade” e terá dois encontros, incluindo realização de ensaios fotográficos na cidade. O único pré-requisito para participação nas oficinas é ter a partir de 16 anos. 

 

As atividades pretendem sensibilizar o olhar do público para a fotografia e suas relações com o cotidiano, a memória e outros aspectos dessa linguagem tão peculiar. Artistas locais de Ourinhos e cidades vizinhas também poderão apresentar seus trabalhos (via convocatória), em encontros que também serão abertos à população. “Mais do que realizar exposições itinerantes, queremos evidenciar a fotografia como forma de expressão pessoal, estímulo à reflexão e à formação de pensamento”, explica Tatiana Nolla. “O objetivo é difundir novos curadores e fotógrafos, trabalhando de forma independente, e explorar a linguagem fotográfica como forma de educação em relações horizontais, onde todos possam aprender”, complementa.

A participação em todas as atividades da Galeria Container é gratuita. Para maiores informações e detalhes da programação, visite o site www.galeriacontainer.com e acompanhe a página do projeto no Facebook: www.facebook.com/galeriacontainer. 

Obs: Esse projeto foi contemplado com o edital 17/2014 do PROAC – Espaços Independentes Vinculados às Artes Visuais.

Idealizadores: Davilym Dourado, 1975 – São Paulo – SP.

Começou na fotografia no ano de 1999 quando se mudou para New York, iniciou seus estudos de fotografia no I.C.P (International Center of Photograph). Em 2002, começou sua carreira profissional na Revista Isto É. De 2006 a 2010 trabalhou como fotógrafo para o Jornal Valor Econômico, atualmente trabalha como fotógrafo independente e ainda desenvolve seus projetos de fotografia autoral. É formado em ciências sociais e política, pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Tatiana Bauer Nolla, 1980 – São Paulo-SP. Fotógrafa profissional com Formação em Fotografia na Escola Superior de Propaganda e Marketing(ESPM) em 2004, aprimorou sua formação com cursos de História da Fotografia, História da Arte e poéticas visuais. ¬¬Atua como fotógrafa desde 2004 nas áreas educacional, institucional e social. É responsável pelo o curso Olhar Universal, uma vivência de fotografia para deficientes visuais. Este email está limpo de vírus e malwares porque a proteção do avast! Antivírus está ativa. 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.