sábado, 20 de julho de 2024

Golpe da Lista Telefônica

Publicado em 01 ago 2018 - 07:35:54

           

Da redação

Empresários de Santa Cruz do Rio Pardo e outras cidades da região foram vítimas de um suposto golpe. Isto é o que aponta um boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil, que apura e investiga um publicitário por envolvimento com estelionato. 

O golpe começou vir a tona após alguns empresários se unirem em um grupo formado no aplicativo WhatsApp, para reivindicar um valor pago em dinheiro a um empresário do ramo de gráfica, que no ano de 2016 teria vendido espaço publicitário para mais de 500 empresas na região e não teria cumprido com o prometido. 

“Ele disse que iria sair uma lista telefônica com os dados da minha empresa. No contrato está escrito que a lista sairia entre 2016 e 2017; paguei R$ 500,00 e até hoje não saiu nada”, destacou um dos empresários que questiona o golpe. 

O suspeito, identificado pela Polícia apenas pelas iniciais de: W.F.J., 44 anos, já atuava no município a um certo tempo, realmente confeccionando listas telefônicas. Sem ser possível descobrir o motivo, de 2016 em diante o homem parou de produzir o material gráfico, mas continuou vendendo os espaços.

Segundo as investigações, após começar a ser encurralado por empresários que queriam a devolução do dinheiro pago, o suspeito se mudou do município. Nos últimos meses ele estava morando numa avenida de Bernardino de Campos, mas segundo uma fonte do Portal Repórter na Rua, após descobrir que a Polícia estaria investigando o crime, ele teria se mudado repentinamente e saído de Bernardino para um destino que ainda não foi descoberto. 

Uma nova informação que também está sendo averiguada pela Polícia indica que o indivíduo estaria agindo na região de Avaré, Piraju e Paranapanema. “Ele continua oferecendo espaço numa lista telefônica, arrecada o dinheiro e nunca faz a tal lista de publicidade”, contou uma testemunha. 

Polícia busca por vítimas – Após a elaboração do boletim de ocorrência de estelionato, o inquérito foi aberto pela Polícia Civil e agora os investigadores buscam por novas vítimas na região. Caso você também tenha sido ludibriado pelo publicitário, deve procurar a Polícia Civil da sua cidade e informar que também caiu no golpe da lista telefônica. Há indícios que mais de 500 empresários tenham pagos valores entre: R$500,00 / R$800,00 e até R$1.100,00. 

“Em um despachante da cidade ele vendeu uma publicidade por R$1.100,00; recebeu a vista e nunca fez o que prometeu para o empresário. Neste valor, foram mais de 80 empresas”, contou uma ex-funcionária do suspeito.

Fonte: RNR – Santa Cruz do Rio Pardo 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.