sábado, 20 de julho de 2024

Incêndio em Santa Cruz do Rio Pardo na tarde da segunda-feira pode ter sido culposo

Publicado em 21 ago 2018 - 08:42:20

           

Da redação

Segundo boletim de ocorrência, o fogo teria sido colocado no mato seco para limpar terreno da Metalúrgica Rio Pardo, no Distrito Industrial, porém o fogo se alastrou pelo mato e atingiu várias carretas que estavam no pátio do Posto Confiança, separado da metalúrgica por apenas uma cerca.

O proprietário da empresa negou afirmando que ao perceber o que estava acontecendo tentou apagar o incêndio com cal, e acionou o Corpo de Bombeiros pelo telefone.

Ao menos cinco carretas foram atingidas pelas chamas, sendo que uma delas carregada com equipamento de luz e som, foi a mais atingida, causando um grande prejuízo para o empresário Edson Aparecido Marrero, organizador da festa do peão da cidade.

Polêmicas – O clima foi tenso durante esse incêndio, empresários reclamaram da demora da chegada do Corpo de Bombeiros, e teve ainda desentendimento do empresário prejudicado com Policiais.

O sargento Louzado do Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo, informou que o procedimento foi todo dentro do normal “Chegamos aqui em aproximadamente sete minutos, e a informação era de fogo em mato, temos todo um procedimento para sair quando a ocorrência é de incêndio, e nosso quartel é do outro lado da cidade, e o acesso também dificultou nossa chegada até o fogo”.

Ainda durante a ocorrência aconteceu um desentendimento entre integrantes da PM e o empresário Marrero. Segundo testemunhas o empresário estava com mais algumas pessoas acompanhando o fogo, quando um policial pediu para que deixassem o local, e o empresário teria dito ser o dono da carreta em chamas e gostaria de acompanhar os trabalhos, então aconteceu uma discussão, contida por testemunhas que pediram para que todos focassem no trabalho de conter as chamas.

“Acredito faltou um pouco de bom senso, a pessoa está ali vendo todo seu material ser consumido pelas chamas, bastante nervosa, estava em um local fora de perigo, não precisava nada disso, mas felizmente depois aconteceu o bom senso” disse uma testemunha.

O empresário não quis se pronunciar sobre o incidente, disse que ainda está calculando o prejuízo, que deve ser alto, pois na carreta estava praticamente todo seu equipamento de áudio, luz, telão de led, “Minha vida estava ali” disse.

Já a polícia está investigando as causas do fogo, e registrou ocorrência com “Incêndio Culposo”.

Fonte: santacruznews.com.br

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.