domingo, 21 de julho de 2024

Jovem de 21 anos é preso por receptação de veículo furtado em Santa Cruz do Rio Pardo

Publicado em 09 jul 2024 - 10:58:13

           

O homem mantinha um pequeno desmanche clandestino em sua residência

Da Redação

Um homem de 21 anos foi preso na noite desta segunda (08), por receptação de uma moto furtada e operação de um desmanche clandestino no bairro Bom Jardim em Santa Cruz do Rio Pardo.

Segundo a ocorrência, a Polícia Militar foi informada que uma motocicleta furtada na tarde do mesmo dia estaria na residência do indiciado, já que reconheceram fotos da motocicleta no perfil da rede social Facebook.

Os policiais se dirigiram até a residência e lá foram recebidos pela esposa do acusado que o chamou e, em revista pessoal a polícia nada encontrou, exceto por um aparelho celular que foi apreendido.
Ao ser indagado pela motocicleta furtada o jovem confessou que ela estava em um quarto da residência e com sua autorização, os policiais revistaram o local e encontraram uma moto parcialmente desmontada.  Além disto, no quarto do casal foi localizado um capacete e uma caixa com ferramentas ao lado da motocicleta. Os policiais militares apuraram que os sinais identificadores do veículo não foram adulterados e em consulta constatou-se que a motocicleta foi furtada e pertencia à vítima, um homem de 44 anos, que visualizou a motocicleta, a carenagem, pára-lama, um farol dianteiro e o capacete e os reconheceu como sendo de sua propriedade e que foram anteriormente furtados.

Durante as buscas no interior da residência foram localizados diversas peças de motocicletas sem procedência nos outros cômodos da residência. Por fim das buscas os policiais militares encontraram em uma área dos fundos da casa um quadro de motocicleta e um motor de motocicleta com as numerações adulteradas.

Ao ser indagada sobre a origem das peças, a esposa do acusado disse que as peças pertenciam ao marido e que ele as vendia aos conhecidos. Sobre a motocicleta furtada, ela disse ao marido que não concordava em deixar a moto em sua casa, já que ela desconfiou que o veículo poderia ser produto ilícito, porque que estava sem placa, e pediu que o marido retirasse do local, mas ele não o fez.

Devido a estes fatos os policiais militares perceberam que na residência funcionava um desmanche clandestino de responsabilidade do acusado e assim os policiais militares perguntaram- no sobre os fatos e ele alegou que as peças, quadro e motor foram deixados no local, sem mencionar maiores detalhes, e com relação a motocicleta da vítima o acusado informou que um conhecido, sem mencionar nome e nem dados, deixou o veículo para ser desmontado e que ele receberia R$ 30,00 pelo serviço.

Os policiais militares não conseguiram apurar as procedências das outras peças de motocicleta encontradas. As peças foram apreendidas, a motocicleta furtada foi devolvida ao dono e o homem foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada.

Imagem: Reprodução.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.