quinta, 18 de abril de 2024

Jovem morta e rapaz atingido na cabeça por tiro em colégio do Paraná eram namorados, diz família

Casal de namorados é baleado em colégio no Paraná. Jovem morreu e rapaz está em estado gravíssimo Assassino tem 21 anos e foi preso.

 

Da redação

 

Na manhã desta segunda-feira, 19/6, um casal de namorados foi atingido com uma bala na cabeça dentro do Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, no norte do Paraná. O autor dos disparos foi um ex-aluno, de 21 anos. A jovem, identificada como Karoline Verri Alves, de 16 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. O menino, da mesma idade, está internado em estado gravíssimo.

De acordo com a Polícia Militar, ele foi até a direção do colégio alegando que precisava solicitar documentos, e logo depois fez os disparos. A ocorrência foi registrada às 9h20. O atirador foi preso.

Karoline morreu no local e Luan foi levado em estado grave de saúde para o Hospital Universitário de Londrina (H.U) a 14 quilômetros de Cambé, os adolescentes namoravam desde o ano passado, quando assumiram o relacionamento nas redes sociais.

 

 

Em nota, o Hospital Estadual de Londrina informou que Luan “encontra-se em estado gravíssimo, em assistência ventilatória, sedado e monitorizado e que está sendo avaliado prontamente pela equipe de neurocirurgia”.

Uma adolescente que presenciou os tiros, disse que ela e um grupo de alunos foram ameaçados pelo atirador enquanto estavam escondidos dentro da sala dos professores.

“Ele falou assim: se não abrir essa porta, vai todo mundo morrer aqui dentro. E a gente tava trancado na sala dos professores. A gente tentou sair correndo, mas aí nisso ele apontou a arma pra mim e pra mais cinco amigas minhas e deu um tiro. Só que a gente conseguiu sair”, disse a estudante em entrevista à RPC.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.