fbpx

sábado, 25 de junho de 2022

Jovens convocam a população para agir na sustentabilidade do planeta

Hernani Corrêa

Jovens estudantes do CIEE – Centro de Integração Escola Empresa tomaram uma atitude inédita na manhã de hoje (9). Saíram às ruas do centro da cidade e na Praça Mello Peixoto, munidos de faixas e cartazes, fizeram um manifesto em prol da sustentabilidade do planeta.

Os cartazes tinham uma sequência que quando expostos, formavam a seguinte frase: “Atenção, Poluição, Extinção. É esse seu futuro? Faça a diferença, plante uma árvore. Se o dinheiro já bom, natureza é melhor ainda. Proteger as árvores, é valorizar a vida. Não reclame do calor, plante uma árvore”. E outra faixas com osdizeres: “deixe a solidariedade florescer em você”.

Juliana Garcia, instrutora de aprendizagem da escola explicou o motivo e os objetivos do movimento. “Baseado nos acontecimentos que vem ocorrendo não só no Brasil como no mundo inteiro, como poluição, falta de água, desmatamento, os jovens se reuniram, discutiram o tema e queriam ampliar, ter uma ação além de uma reflexão. Provocar a população para uma ação simples que é o plantio de uma árvore”.

Como surgiu o projeto e quais os próximos passos?

‘Iniciamos o projeto na sala de aula e eles se inquietaram porque tem a consciência de que podem ser protagonistas e pensando no futuro, quiseram estender isso para a população. Essa manifestação iniciada hoje no centro, vai se estender para um plantio de árvores no córrego que tem aqui na Vila Boa Esperança. Nós, inclusive, estamos fazendo um convite junto às redes sociais, para estar junto do grupo para não só ficar na reflexão, mas na ação também.

Esse córrego que vocês vão plantar já foi canalizado? Você concorda com o que foi feito pela prefeitura?

Sim, foi canalizado, não concordamos com isso, por um lado, porque consideramos que tem muita perda, mas a intenção agora é tentar restabelecer e estruturar o que foi perdido com esta ação. Mesmo tendo sido canalizado, tem espaço e estamos tentando mobilizar não só os jovens como a família, instrutores. Os jovens trabalham nas empresas e até os gestores estão interessados em participar desta ação.

Segundo Juliana, o projeto tem um lema: “É envolver o jovem na defesa, consciência e atitude em prol da sustentabilidade do planeta”.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.