quarta, 17 de abril de 2024

Lucas Pocay anuncia que Robson Sanches será o novo secretário de inclusão de Ourinhos

Wilson de Moraes segue para a pasta do Planejamento substituindo Osvaldino Araújo Alves

 

 

Da redação

 

 

Depois de anunciar o ex vice-prefeito, Doutor Paulo Cesar Ferreirinha Testa, como titular da Secretaria de Inclusão, no início de janeiro, na última quinta-feira, 12, Pocay divulgou, através de uma live em sua rede social, que Robson Sanches assumirá a pasta, substituindo Wilson de Moraes, que foi nomeado secretário de planejamento, no lugar de Osvaldino Araújo.

A exoneração de Osvaldino, a pedido, foi publicada no Diário Oficial no dia 3/1. Há rumores de que ele possa assumir um cargo junto ao governo estadual, mas seu destino não foi informado oficialmente.

A nomeação de Robson Sanches para a secretaria de inclusão pegou muita gente de surpresa, visto que nas últimas eleições, ambos estiveram de lados opostos e travaram um grande embate político, concorrendo à prefeitura municipal.

Lucas Pocay venceu nas urnas somando 34.670 votos, contra os 18.137 conquistados por Robson, porém a rivalidade ficou clara mesmo depois das eleições.

Na live divulgada em sua rede social na noite da quinta-feira, o prefeito justifica a nomeação baseado em uma “política que agrega, que soma por um único propósito”, pautando-se no diálogo e no bem comum.

Já Robson Sanches, que se filiou ao PSD, declarou sentir-se preparado e honrado para esta nova função “tenho certeza que iremos poder agregar ainda mais e agradeço a todos que confiaram e ainda confiam em mim, para que continuemos juntos, pois agora a cidade precisa ser preparada para a continuidade das ações e projetos. Ourinhos nunca foi tão bonita e está em progresso constante, por isso prefeito Lucas conte com minha lealdade e meu trabalho para seguirmos juntos nesta missão que agora é minha também”, ressaltou Robson.

Procurado pelo Negocião, Doutor Paulo Ferreirinha disse que no momento não consegue assumir a secretaria de inclusão, por questões profissionais, devido à carga horária que já tem comprometido e por motivos familiares.

“O que pegou mesmo foi a questão profissional, seria difícil desvincular de tudo de uma forma rápida e a secretaria demanda de uma carga horária maior, de mais disponibilidade”, afirmou Ferreirinha.

 

A SECRETARIA – Criada em julho de 2021, a secretaria de inclusão tem desenvolvido vários programas de grande referência no município, como a Educação Inclusiva, com a contratação de professores de educação especial para alunos com deficiência e implantação de ferramentas como mesas digitais, que promovam o estímulo para crianças com autismo, dislexia e TDHA.

Na área esportiva, Ourinhos conta com mais de 10 modalidades inclusivas, que tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência. A cidade sediou o Campeonato Brasileiro Feminino de Vôlei Sentado e a Copa do Brasil de Futebol de Amputados.

A Central de Atendimento em Libras, em parceria com a Associação dos Surdos de Ourinhos, também se destaca, além de outras iniciativas como a blitz da Inclusão, o Inclusão na Área, Sentindo na Pele, Roda Inclusiva e o Kart para Todos.

A gestão do prefeito Lucas Pocay também deu um passo à frente de outros municípios com a implantação da Academia Adaptada, primeiro Playground Adaptado para as crianças, cadeira de Trilha Adaptada no Parque Ecológico, aquisição de veículos adaptados, além de oferecer diversas atividades culturais inclusivas, e maior apoio e repasse para a APAE e AADF.

 

 

CENTRO DE REFERÊNCIA DO AUTISMO – Na última semana, Pocay anunciou também avanços para a construção de um Centro de Referência do Autismo dentro da própria APAE, colocando Ourinhos como pioneira na qualificação, humanização e trabalho com as pessoas diagnosticadas com espectro de autismo.

Esse atendimento já acontece na APAE, atendendo autistas com grau mais elevado e com deficiência intelectual associada, porém com o Centro de Referência o serviço seria ampliado e fortalecido.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.