quinta, 23 de maio de 2024

Mais um dia de caos na UPA e 385 casos novos de Covid em Ourinhos

Segundo comunicado da prefeitura, o tempo de espera para atendimento na UPA na noite da segunda-feira, 17/1, era de aproximadamente 6 horas

 

Marcília Estefani

 

Na noite da segunda-feira, 17/1, a prefeitura divulgou novamente um comunicado informando a população de que a Unidade de Pronto Atendimento – UPA passava novamente por uma superlotação, justificada pelo aumento de casos de doenças respiratórias somados a volta intensiva de casos de Covid-19, que estão sobrecarregando o sistema de saúde de todo o país.

Segundo o comunicado, cerca de 300 pacientes já haviam passado por atendimento na unidade, e 70 aguardavam, com tempo de espera de aproximadamente 6 horas, mesmo com o quadro de funcionários completo.

 

 

BOLETIM CORONAVÍRUS – Por volta das 21h30, foi publicado o boletim coronavírus, que trouxe o registro de 385 novos casos de covid positivados no final de semana e na segunda-feira, 17/1. Não houve o registro de óbito, porém dois pacientes graves foram encaminhados ao HC de Marília e um se encontra internado na UPA, na UTI de estabilização. Na Santa Casa e no hospital da Unimed não há pacientes internados.

A cidade contabiliza hoje 537 óbitos, 18.325 curados e 20.113 infectados, desde o início da pandemia.

 

 

NA UPA – Ainda na noite da segunda-feira, 17/1, uma munícipe postou nas redes sociais um vídeo onde mostra a realidade do local, com diversas pessoas aguardando atendimento. O vídeo mostra também quando alguém da UPA chama a atenção da mulher e diz que vai acionar a Polícia Militar, pois é proibido fazer filmagens ali.

Segundo a munícipe, duas viaturas estiveram no local “chamaram 2 viaturas pra mim como se eu fosse alguma criminosa … não querem que mostre a realidade da nossa cidade … e por fim não aconteceu nada …”. Nos comentários da postagem, mais uma paciente relata como foi seu atendimento na unidade.

 

 

PALAVRAS DO PREFEITO – Em sua rede social, Lucas Pocay se manifestou dizendo que “Muitos não se cuidam ou não tomaram vacina e depois querem colocar a culpa no Poder Público pela lotação das Unidades de Saúde.”

 

 

Veja vídeo feito na UPA na íntegra:

 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.