quinta, 23 de maio de 2024

Mais um ourinhense é vítima de estelionato e tem prejuízo de mais de R$ 17.000,00

Durante ligação telefônica o munícipe acabou acreditando que seu cartão estava clonado e o entregou a um indivíduo desconhecido

 

Marcília Estefani

 

O caso aconteceu no dia 30/9 e foi comunicado à Central de Policia Judiciária de Ourinhos na segunda-feira, 4/10, pela vítima J.M.A., de 59 anos de idade. Após entregar seu cartão de crédito a um indivíduo que foi até sua casa, no dia seguinte, ao se dar conta de que seria um golpe, foi até a agência para cancelar o cartão, porém, já haviam sido feitos vários débitos bancários de sua conta, que totalizaram R$ 17.510,00.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima informou que recebeu uma ligação telefônica de uma pessoa se passando por um funcionário do banco Caixa Econômica Federal, dizendo que seu cartão havia sido clonado e necessitava ser recolhido para passar por uma perícia.

Esclarece que ficou com receio da situação, mas mesmo assim entregou seu cartão juntamente com a senha para uma terceira pessoa que foi até sua casa em um Gol branco, placas AYK 9F66, cujo condutor era um homem de estatura mediana, compleição física obesa, de cor parda, que se apresentou com o nome de Igor de Oliveira e disse que era funcionário da Caixa Econômica.

FIQUE ATENTO – A Caixa Econômica Federal não manda nenhum funcionário na casa de correntistas para nenhum tipo de serviço, seja retirada de cartões, senhas, documentos pessoais. Não pede senhas pelo telefone. Diante de qualquer tipo de abordagem, seja via telefone fixo ou celular, via whatszapp ou quaquer outro meio, NÃO PASSE NENHUMA INFORMAÇÃO ANTES DE LIGAR VOCÊ MESMO AO SEU BANCO e confirmar a história.

Não ligue em nenhum número que lhe for fornecido através da tal ligação telefônica, do outro lado da linha pode haver um outro criminoso, já treinado, para continuar o golpe, feito geralmente por quadrilhas. CHAME A POLÍCIA!

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.