sexta, 01 de março de 2024

Mais uma família é destruída pela Covid em Santa Cruz do Rio Pardo

Cerca de um mês após a morte dos pais, filho morre na Santa Casa de Ourinhos

 

Marcília Estefani

 

Faleceu em Ourinhos na manhã do domingo, 16, o advogado Carlos Henrique Oliveira, falecido após a morte do pai e da mãe, vítimas de complicações da Covid-19.

O advogado, ex-assessor jurídico da Codesan e atual diretor-administrativo da autarquia, tinha 39 e morava em Ourinhos, embora trabalhasse em Santa Cruz do Rio Pardo.

 

O advogado Carlos Henrique e a esposa Flávia

 

O pai de Carlos, Luiz Carlos Gonçalves, bancário aposentado, faleceu no dia 14 de abril, vítima da Covid. Uma semana depois, Maria Helena Gonçalves, mãe do advogado, não resistiu ao vírus e também entrou em óbito. Uma filha também foi infectada, mas se recuperou.

 

Carlos Henrique com a mãe Maria Helena e o pai Luiz Carlos

No início de maio, o sócio de Carlos Henrique, o também advogado Célio Valdemir Gimenez, morreu de complicações da doença.

O advogado foi sepultado na tarde do domingo, no cemitério de Santa Cruz do Rio Pardo. Não houve velório. Ele deixa a esposa e filhos pequenos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, na noite da segunda-feira, Santa Cruz registrou o 109° óbito decorrente da Covid-19 no município.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.