quinta, 23 de maio de 2024

Martuchi pede a prefeito para comércio abrir das 9h às 17h a partir de segunda

Pedido tem como base a fase transitória anunciada pelo Governo do Estado

 

Da redação

 

O Governo do Estado anunciou nesta sexta-feira, 16, o início de uma nova fase denominada “de transição” que mescla restrições das fases vermelha e laranja do Plano São Paulo de flexibilização da economia. Valendo a partir do próximo domingo, 18, o comércio já poderá funcionar entre 11h e 19h, respeitando 25% da capacidade de lotação de cada estabelecimento. Sendo muito bem recebida essa notícia pela Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE), seu presidente, Robson Martuchi, se antecipou ao provável decreto municipal que deverá ser feito em cima das novas alterações para solicitar ao prefeito Lucas Pocay uma adequação do horário para o comércio de rua.

Robson Martuchi solicita em ofício protocolado de forma virtual junto à Prefeitura nesta sexta-feira que seja autorizado o funcionamento das lojas das 9h às 17h, de segunda a sábado. “Claramente, o horário indicado pelo Governo do Estado considerou os shopping centers, em relação ao horário de abertura das 11h, e o início do toque de recolher, em relação ao horário de fechamento das 19h. Nossa proposta é apenas uma adequação, abrindo e fechando duas horas antes dos horários propostos pela nova medida”, explicou Martuchi.

Em Marília, de acordo com o presidente da ACE Ourinhos, a mudança na faixa de horário para abertura do comércio foi aceita de imediato pelo prefeito Daniel Alonso. “Com essa adequação, respeitando-se os 25% de lotação nas lojas e tomando-se todos os cuidados preventivos que todos já sabem, o comércio vai ganhar um fôlego novo, vai ter o efeito de um respirador para quem já estava sem oxigênio para respirar”, ponderou Robson Martuchi.

A medida do Governo do Estado, estrategicamente anunciada pelo vice governador, Ridro Garcia (DEM), e não pelo governador João Dória (PSDB), deve ter refletido os efusivos apelos das associações comerciais, como foi o artigo assinado por Robson Martuchi, e da Facesp (Federação das Associações Comerciais de São Paulo) ainda nesta semana.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.