domingo, 14 de abril de 2024

Moradores da Rua Rio de Janeiro relatam infestação de ratos em terreno baldio no centro da cidade

Marcília Estefani

 

Na última semana o Jornal Negocião foi procurado por moradores da Rua Rio de Janeiro em Ourinhos, trecho que compreende uma área da antiga Shell, onde, segundo os reclamantes, está havendo uma infestação de ratos, tem aparecido raposas e até cobras, tirando a paz dos munícipes daquela região.

Uma das reclamantes, C.T., relatou que já colocaram veneno, já armaram ratoeiras, já tentaram de várias formas controlar os roedores, mas sem sucesso.

“Ontem chegamos em casa, o rato estava lá em cima do meu fogão, a gente fica desesperado, sem saber por onde ele passou, pra onde foi, pois não conseguimos pegá-lo, mesmo armando ratoeiras, não temos mais sossego dentro da nossa própria casa”, disse a mulher com lágrimas nos olhos.

Outra moradora contou que não pode deixar nada descoberto principalmente na cozinha, que além de ratos, tem raposa e até cobra já apareceu por ali.

Os moradores afirmam já ter reclamado junto aos órgãos competentes, mas a demora na resolução do problema está ficando cada vez mais exaustiva.

Em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, o Negocião foi informado da necessidade, nesses casos, de se entrar em contato com a Secretaria e registrar uma reclamação de terreno sujo, importante para se abrir um processo de fiscalização.

“É importante ter o processo com a reclamação por favor, para que possamos tomar providências, isso nos ajuda e adianta a fiscalização”.

Moradores afirmam que o local se tornou esconderijo para ratos, raposas e cobras

 

ÁREA EXTENSA E COM MUITO MATO – A reportagem do Jornal Negocião esteve no local confirmando e registrando a denúncia, podendo observar que é uma área bastante grande e onde se desenvolve também vasta vegetação.

O imóvel pertence a um grupo de empresários da cidade e está sob os cuidados de uma imobiliária ourinhense. Em conversa com o Senhor Marsal Aversani, responsável pela manutenção do terreno, ele garantiu que já está ciente do problema que motivou a reclamação dos moradores, e que já está providenciando a limpeza do local, que, em virtude da chuva, está atrasada.

“Já estou sabendo, porém com essa chuva não tem como fazer o serviço, o trator não consegue trabalhar. Terão que ter um pouco de paciência, não depende apenas dos proprietários”, informou Aversani.

Ele ressaltou ainda que aquela área será totalmente revitalizada, com a implantação de um grande empreendimento para a cidade, que contempla a construção de edifício com apartamentos para moradia, lojas, supermercados e outras benfeitorias.

Em alguns pontos a vegetação já está mais alta que o muro

 

O Jornal Negocião vai acompanhar o caso e em breve deve trazer aqui notícias sobre a resolução do problema, o que vai devolver o sossego e o bem estar dos moradores da Rua Rio de Janeiro.

A área é grande e está com mato em toda sua extensão

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.