terça, 21 de maio de 2024

Motorista que matou motociclista tem prisão preventiva decretada

Homem causador do acidente que resultou na morte de um jovem de 20 anos no centro de Santa Cruz do Rio Pardo foi indiciado por homicídio doloso e embriaguez ao volante

 

Da redação

 

O motorista preso em flagrante, suspeito de ter batido em uma moto, arrastado e matado um motociclista na noite do último sábado 2/9, na região central de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), passou por audiência de custódia na segunda-feira, 4/10, e teve sua prisão convertida em preventiva.

 

Entregador morre após ter moto arrastada por carro dirigido por motorista embriagado em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: IBTV Santa Cruz/Divulgação

 

O entregador Breno Henrique de Carvalho, de 20 anos, foi arrastado por cerca de 30 metros após o carro dirigido pelo suspeito bater na traseira. O jovem morreu no local do acidente e foi sepultado na tarde deste domingo, 3/10, no cemitério municipal.

Segundo informações do delegado Renato Mardegan, que comanda as investigações, o suspeito, que é motorista profissional de uma cerealista da região, foi indiciado por homicídio doloso (com intenção) e embriaguez ao volante.

Carro ainda bateu em um }ônibus e parou após ter a roda danificada — Foto: IBTV Santa Cruz/Reprodução

 

Segundo a polícia, o inquérito ainda deve ouvir mais uma testemunha e avaliar a existência de câmeras de segurança que possam ter registrado o acidente antes de ser relatado à Justiça. O motorista foi levado para a cadeia de São Pedro do Turvo e deve ser transferido para a Penitenciária de Cerqueira César.

Segundo Mardegan, o irmão de Breno, que também é entregador e estava junto à vítima no momento do acidente, disse em depoimento que ambos tentaram inicialmente ajudar o motorista, que parecia desorientado junto ao carro parado na Rua Farmacêutico Alziro Souza Santos.

Ao chegarem perto, porém, eles perceberam que o homem estava embriagado e resolveram denunciar a situação à Polícia Militar, através do telefone 190. Neste momento, o motorista entrou no carro e iniciou a perseguição à dupla até atingir pela traseira e arrastar a moto pilotada por Breno.

Após a batida, o carro ainda chocou-se contra um ônibus e ficou avariado. O homem fugiu do local, mas retornou minutos depois e foi detido pela polícia. O motorista, segundo a PM, estava visivelmente embriagado e com uma lesão no queixo.

Ele foi encaminhado e atendido na UPA de Ourinhos, onde foi medicado e liberado. Na UPA, um exame clínico confirmou a embriaguez.

(Com informações G1/Imagens IBTV)

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.