sábado, 13 de abril de 2024

Nova sistemática de cobrança do ICMS sobre a gasolina aumenta preços a partir da quinta, 1/6

De acordo com o acordo firmado entre os estados, foi estabelecida uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro de gasolina

 

Da redação

 

A partir da quinta-feira, dia 1º de junho de 2023, entra em vigor a nova sistemática de cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre a gasolina, imposto estadual que incidirá em valores fixos, não mais em percentuais. Essa mudança terá um impacto direto no preço final do combustível nos postos de quase todo o país.

De acordo com o acordo firmado entre os estados, foi estabelecida uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro de gasolina. Levantamento realizado pela Fecombustíveis, aponta que essa nova cobrança representará um aumento significativo de impostos na maioria dos estados brasileiros, com exceção de Alagoas, Amazonas e Piauí, onde poderá haver uma redução.

Os dados da Fecombustíveis, baseados nas informações do ICMS cobrado na segunda quinzena de maio, apontam que o Mato Grosso do Sul será o estado mais afetado, com um acréscimo de 32% na cobrança do imposto sobre a gasolina. Atualmente, a alíquota de ICMS no estado é de 17%. No Rio Grande do Sul, o valor atual do ICMS é de R$ 0,9298 por litro do combustível.

Com essa alteração, espera-se que os preços da gasolina nos postos aumentem consideravelmente em todo o país, impactando diretamente os consumidores. Os motoristas e proprietários de veículos deverão se preparar para essa elevação nos custos do combustível a partir de quinta-feira.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.