quarta, 21 de fevereiro de 2024

Novo caso de febre maculosa é registrado na região, em Santa Cruz

Vítima faleceu no mês de dezembro, mas resultado foi divulgado na quinta-feira, 30, pela Secretaria de Saúde

 

Marcília Estefani

 

Na última quinta-feira, 30, foi confirmada mais uma vítima de febre maculosa, desta vez na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo. O jovem de 26 anos, Daniel Renilson, faleceu em 28 de dezembro, porém somente agora o Instituto Adolf Lutz divulgou laudo dos exames.

Segundo familiares, houve suspeita de que o rapaz estivesse com dengue hemorrágica, ele chegou a ser atendido na UPA, no Posto de Saúde da cidade, e no dia 27 de dezembro foi internado na Santa Casa, falecendo horas depois, na madrugada do dia 28.

Daniel residia no Jardim Fátima, onde os técnicos da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), estão trabalhando para detectar se existe foco do carrapato estrela, principal transmissor da febre maculosa, ou doença do carrapato.

Zaira Oliveira, esposa da vítima, utilizou o Facebook para falar sobre o assunto. “Eu sempre soube que não era dengue hemorrágica, mas parece que tudo hoje se trata como dengue ou virose“, disse e mulher em tom de desabafo.

A família acredita que Daniel possa ter contraído a doença nas margens do rio Pardo, na área do clube Náutico, local que ele havia frequentado em festas, na época.

Daniel Renílson era natural de Cajaí (MA) e trabalhava em uma empresa madeireira de Santa Cruz do Rio Pardo. Ele deixou a esposa e duas filhas.

 

(Com conteúdo Achei Santa Cruz)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.