sábado, 22 de junho de 2024

Ourinhenses são campeões no V Festival de Música de Sta. Cruz do Rio Pardo

José Luiz Martins

Foi realizado no último dia 19 no Palácio da Cultura Umberto Magnani Netto, o V Festival de Música de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), nos mesmos moldes dos que aconteceram na cidade durante a década de 80. Conforme seus organizadores o objetivo é a promoção de um evento aberto para novos talentos fomentando o trabalho de compositores da região.

Cada autor ou grupo pode inscrever até três músicas inéditas e originais, foram selecionadas 20 composições que foram apresentadas ao público e aos jurados com conhecimento musical e da área de letras e literatura. Foram avaliados vocal, afinação, melodia, harmonia, interação com o público, presença de palco, letra, correção gramatical, sendo estes quesitos pontuados com notas de 5 a 10.

O V Festival de Música de Santa Cruz retomou depois de 29 anos o festival de música autoral que fazia muito sucesso nas suas primeiras edições nos anos 80. O público prestigiou em grande número as apresentações das canções que passaram pelo crivo da comissão julgadora composta por Eder Magnani, Paula Salemme, Jefferson Ribeiro, Marcelo Yoneda e Cássio de Oliveira, pessoas envolvidas na época dos primeiros festivais, responsáveis pela pontuação dos destaques. Os apresentadores Dudu Magnani e Debora Catalano animaram a plateia em uma noite espetacular de muita música boa que movimentou o cenário musical regional.

Os candidatos que conquistaram o primeiro lugar receberam um prêmio de R$ 1 mil. O segundo e terceiro lugar receberam R$ 500 e R$ 250, respectivamente. Um prêmio de R$ 200 foi oferecido ao melhor intérprete e à melhor letra e aclamação popular. Entre os 3 primeiros colocados músicos e compositores ourinhenses se fizeram presentes: 1º Lugar: Ave Mãe – Murilo Toloto e Renato Nelli – Ourinhos, 2º Lugar: Eu e Você – Carina Simeão e Eduardo Botolucci – Assis, 3º Lugar: Prefiro Assim – Maurício Gois – Ourinhos. Houve ainda a premiação para melhor Intérprete para Renato Cruz, melhor letra para Coronelista de autoria de Luly Salina (Ourinhos), Francinni Soret Tiago Cachoni, Biécio De Britto Neto

Além de faturar o primeiro lugar, a canção “Ave Mãe” de Murilo Toloto e Renato Nelli, apresentada pela Banda Sede ganhou o prêmio de Aclamação Popular. A canção foi produzida e arranjada no estúdio “Estação Disc” do guitarrista Renato Nelli e foi muito bem aceita. Segundo o músico a intenção era apenas divulgar o trabalho autoral em um lugar certo. “O  festival foi muito bem organizado pelo Mauricio Salemme, competente secretário da cultura da cidade. “Esse evento em que as pessoas vão para escutar músicas autorais inéditas da nossa região, contou com a casa cheia, todos os participantes tiveram o prazer de executar e apresentar suas próprias canções a esse público. Estamos felizes em saber que estamos produzindo músicas que as pessoas gostam“, ressaltou Nelli. A Banda Sede executou “Ave Mãe“ com os músicos Murilo Toloto vocal, Renato Nelli guitarra, Jackson Silva baixo, Pedro Ferraz (Juninho) teclados e Rafael Berti bateria.

Para ouvir “Ave mãe” acesse : www.facebook.com/renato.estudioestacaodisc  ou www.youtube.com/watch?v=INuMCp7HUoY

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.