sábado, 15 de junho de 2024

Ourinhos beneficiou 2.143 famílias com o Programa Bolsa Família em janeiro

Da redação

A Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, divulgou os dados das famílias beneficiadas com o Programa Bolsa Família no município.

Segundo informações da pasta, 2.143 famílias foram contempladas com o benefício em janeiro de 2015, o que representa uma cobertura de 58,2% da estimativa de famílias de baixa renda na cidade, de acordo com a disponibilidade orçamentária da Secretaria Nacional de Renda do Ministério do Desenvolvimento Social.

Em relação às condicionalidades, o acompanhamento da frequência escolar, com base no bimestre de setembro de 2014, atingiu o percentual de 98,5% para crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos, o que equivale a 2.270 alunos acompanhados em relação ao público no perfil equivalente a 2.304. Para os jovens entre 16 e 17 anos, o percentual atingido foi de 83,0%, resultando em 307 jovens acompanhados de um total de 370.

Com relação ao acompanhamento da saúde das famílias, na vigência de junho de 2014, atingiu 44,6% percentual equivale a 827 famílias de um total de 1.855 que compunham o público no perfil para acompanhamento da área de saúde do município. 

Para a secretária de assistência social Maria Aparecida Finotti Oliveira “Cidinha”, é importante que as famílias sigam as regras do programa para que os índices sejam melhorados. “é muito importante que haja esse cumprimento do programa, pois a médio e longo prazo estes índices devem ser melhorados, trazendo melhora na qualidade de vida das famílias. Sem contar na importância da atualização cadastral, com relação à renda, nascimento e morte na família, para que o beneficio não seja bloqueado ou até mesmo desligado, pois o Ministério acompanha e encaminha os casos irregulares das famílias para que possamos averiguar e encaminhar as respostas”.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidade, que atende famílias pobres (renda mensal por pessoa entre R$ 77,01 e R$ 154) e extremamente pobres (renda mensal por pessoa de até R$ 77). Ele possui vários tipos de benefícios, utilizados para compor a parcela mensal que os beneficiários recebem.

Os benefícios são baseados no perfil da família registrado no Cadastro único. Entre as informações consideradas, estão: renda mensal por pessoa, o número de integrantes, o total de crianças e adolescentes de até 17 anos, além da existência de gestantes.

“Estamos disponíveis para atender as famílias que se encaixam em uma das faixas de renda definidas pelo programa ou aquelas que precisam atualizar os seus dados. Basta se dirigir até a sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na Rua dos Expedicionários, 580 – Centro. Informações pelo telefone (14) 3302-6300” finalizou Cidinha.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.